Feliz Aniversário: trocas subjetivas modernas

Aline Bezerra da Silva

Resumo


O trabalho parte da observação de uma festa infantil de aniversário como propulsora de reflexões, a partir das quais se tece um breve estudo comparativo entre as noções de subjetividade na sociologia (Norbert Elias), na filosofia (Hegel/Deleuze, Foucault) e na psicologia (Freud), além de aplicar tais noções à leitura crítica do conto “Feliz aniversário”, de Clarice Lispector.

Texto completo:

PDF

Referências


BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. 35ª edição, São Paulo: Cultrix, 1994.

DANTAS, Marília Antunes. Subjetividade moderna: tragicidade e angústia segundo Kierkegaard e Freud. Fonte: www.psicologia.com.pt. Extraído em 15/03/09.

DELEUZE, Gilles. “Empirismo e subjetividade”. In: Empirismo e subjetividade - ensaio sobre a natureza humana segundo Hume.

Tradução: Luiz B. L. Orlandi. São Paulo: Editora 34, 2001.

EAGLETON, Terry. Teoria da Literatura: uma introdução.São Paulo: Martins Fontes, 1997.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FREUD, Sigmund. O mal-estar na civilização. Rio de Janeiro: Imago, s/d.

KIERKEGAARD, Soren. El concepto de la angustia. 4ª edição, Coleção Austral, Argentina: Espasa-Calpes, 1952.

LISPECTOR, Clarice. “Feliz aniversário”. In: Laços de família. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.

MONTEIRO, Adolfo Casais (org.). Fernando Pessoa: poesia. 5ª edição, Rio de Janeiro: Edit. Agir, 1970

SANTOS, Roberto Corrêa dos. “Artes de Fiandeira”. In: Laços de família. 27ª edição, Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1968.

STANZEL, Franz K. A Theory of Narrative. Cambridge University Press, 1987.

VEYNE, P. Como se escreve a história e Foucault revoluciona a história. Brasília:Edit. UNB, 4ª Ed., 1998, p. 243

ŽIŽEK, Slavoj & DALY, Glyn. Arriscar o impossível: conversas com Žižek. Tradução:Vera Ribeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.