O Teatro “Desagradável” de Nelson Rodrigues.

Anderson Brandão

Resumo


Após o sucesso da montagem da peça Vestido de noiva, conhecida como o texto responsável pela entrada do Teatro brasileiro em um tipo de linguagem artística pertinente ao que se definiu como Modernismo, Nelson Rodrigues(1912-1980) resolve enveredar por uma seara das mais polêmicas. Inicia a série de peças que ele mesmo denomina pertencerem à categoria do “teatro desagradável”.

Texto completo:

PDF

Referências


BRUNEL, Pierre et all.Qu´est-ce que la littérature comparée. Paris: Armand Colin, 1983.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade: a vontade de saber.Rio de Janeiro: Graal, 1988.

FREYRE, Gilberto. Casa-grande e senzala: formação da família brasileira sob o regime de economia patriarcal. (vol. 1). Rio de Janeiro: Fundação Vitae, 2002.

LE GOFF, Jacques. História e memória.trad. Bernardo Leitão.4a ed.Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1996.

LE GOFF, Jacques.História e memória. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1996.

LES TEMPS MODERNES [2003]. Mai - juin - juillet 2003 , 256 pages, 135 x 215 mm. Revue Temps Modernes (No 624), Gallimard -rev. ISBN 2070731952.

LINS, Ronaldo Lima. O teatro de Nelson Rodrigues: uma realidade em agonia. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1979.

LÖWITH, Karl. O sentido da história. Rio de Janeiro: Edições 70, (?)

RODRIGUES, Nelson. Teatro completo: volume único. Rio de janeiro: Nova Aguilar, 1993.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.