O Fin-de-siècle: um mundo que mudava

Joel Fonseca

Resumo


Nesta comunicação pretendo apresentar alguns elementos que venham servir de ponto de apoio em reflexões a respeito do eu na modernidade e pósmodernidade, sendo que a tônica de informações e buscas será no período que vai de meados do século XIX a início do século XX, exatamente o período em que a crise do liberalismo se agravou e gerou profundas transformações na humanidade, em todas as sociedades após esse tempo.


Referências


SCHORSKE, Carl E.. Viena findesiècle: política e cultura. São Paulo, Companhia da Letras/ Ed. Unicamp, 1988.

SENNETT, Richard. O declínio do homem público: as tiranias da intimidade. Trad.: Lygia Araújo Watanabe. São Paulo, Companhia das Letras, 1998.

BELISÁRIO, Roberto. Viena findesiècle: política e cultura. Carl E. Schorske. Cia das Letras/Ed. Unicamp, 1988. Resenha. s.l.; s.d. Disponível em: .

DIAS, Edson dos Santos. Resgatando o movimento modernista urbano: a expressão de uma conjuntura histórica que marcou as cidades do Século XX. In: Revista GeoNotas, Universidade Estadual de Maringá,

Número 4, Vol. 4. Maringá, 2000. Disponível em: .

EAGLETON, Terry. As ilusões do pósmodernismo. Trad.: Elisabeth Barbosa. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Ed., 1998.

MUNK, Leonardo. Paris, Viena: dois espectros de uma sociedade em crise. Rio de Janeiro, UFRJ, s.d. Disponível em: www.ciencialit.letras.ufrj.br/ensaios/munk.doc>.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.