PRORROGADO OS PRAZOS - CHAMADA ABERTA Revista Metaxy: Corpos e Territórios de Luto e Luta: Memória, Direitos e Vida em Tempos Pandêmicos

CHAMADA ABERTA Revista Metaxy: Corpos e Territórios de Luto e Luta: Memória, Direitos e Vida em Tempos Pandêmicos

 

Segue em curso no Brasil um processo combinado de necropolítica, negacionismo e neoliberalismo que tem um efeito preciso em alguns episódios recentes de forma mais concentrada: a tragédia sanitária em Manaus, o Massacre do Jacarezinho no Rio de Janeiro e o incêndio da Cinemateca em São Paulo. Não há monumentos ou atos estatais de luto coletivo pelas milhares de vidas e histórias perdidas nesse projeto nefasto em curso, mas do descaso e destruição protagonizado pelo governo federal brotaram lutas e manifestações populares que tem derrubado monumentos, renomeado avenidas e resignificado territórios.  

 

Frente a essa disputa sobre o passado, presente e futuro, documentar e valorizar a memória tem se tornado cada vez mais uma estratégia vital de resistência. Partindo da ideia da memória como uma relação, e o passado como algo que tanto pode ser recordado quanto recriado (Gondar 2015), neste número da revista Metaxy assumimos o desafio de publicar artigos e reflexões sobre as marcas corporais e territoriais de luto e de luta travadas nos anos 2020 e 2021, também buscando contribuições sobre outras épocas históricas de crises e catástrofes. 

 

Quais memórias desses anos ficaram inscritas em nossos corpos e nos territórios que habitamos (ou deixamos de habitar)? Quais foram e continuam sendo os desafios de criar rituais coletivos de luto e de luta em tempos de isolamento e sem interação?  Que tipos de políticas públicas e lutas por direitos humanos são precisos e possíveis no contexto atual? Que experiências e intervenções artísticas do passado podem inspirar a construção de outros futuros mais justos que vão contra um possível “voltar ao normal”?  

 

Para este número abrimos esta chamada para artigos, ensaios, entrevistas, resenhas e trabalhos iconográficos sobre a temática “Corpos e Territórios de Luto e Luta: Memória, Direitos e Vida em Tempos Pandêmicos”. Estamos especialmente interessados em trabalhos com abordagens interseccionais sobre os seguintes temas:  

 

- Relatos e estudos de caso de projetos de memória durante a pandemia

- Análise críticas sobre políticas públicas de memória, monumentos e patrimônio histórico

- Políticas de amor e prazer como práticas de resistência e resiliência

- Intervenções artísticas e performáticas sobre (ou que visam/aram provocar) mudanças radicais em apropriações e usos de espaços

- Estudos sobre rituais de luto em tempos de fragmentação, isolamento e perda

- Reflexões e análises sobre reconfigurações das relações entre indivíduos e a sociedade

- Reflexões (em texto e/ou imagens) sobre a dissolução e, ao mesmo tempo, fixação de fronteiras entre casa e trabalho, dor e amor, desespero e esperança, desejo e apatia

- Ensaios críticos sobre o futuro e discursos sobre a “volta ao normal”

- Ensaios fotográficos sobre o cotiando pandêmico  

 Prazo para resumos de 250 palavras:* 15 de outubro 2021

Convites para envios de trabalhos completos (por e-mail): 19 de novembro 2021

Prazo para envio de trabalhos completos: 30 janeiro 2022 (veja diretrizes para autoria no site)

Previsão de publicação: agosto 2022

 *Resumos devem ser enviados para o e-mail: revista.metaxy@nepp-dh.ufrj.br com “Submissão Chamada Aberta” no título.

 Referência:

 Gondar, J. (2015). Memória individual, memória coletiva, memoria social. Revista Morpheus - Estudos Interdisciplinares Em Memória Social7(13). Recuperado de http://www.seer.unirio.br/morpheus/article/view/4815