O fim do “tempo do fim”: extinção, urgência e outros inícios possíveis

André Villar Gomez

Resumo


O presente texto reflete sobre o caráter catastrófico do capitalismo contemporâneo. Ele inicia com o desenvolvimento da noção do “fim do tempo do fim”, elaborada a partir do debate com diversos autores, mas, em especial, as reflexões de Günther Anders. Prossegue com o esforço de demonstrar o caráter desse “novo tempo do mundo” a partir da breve exposição de uma série de eventos e processos catastróficos em curso: colapsos socioeconômicos, onipresença da guerra, desastres ambientais e tecnológicos, revoluções tecnocientíficas etc. E termina com a reflexão sobre se há e quais são as possíveis saídas nesse contexto.

Palavras-chave


Catástrofe; Fim; Tempo; Mundo; Mercadoria.

Texto completo:

PDF

Referências


ALEKSIÉVITCH, Svetlana. Vozes de Tchernóbil: a história oral do desastre nuclear. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

ANDERS, Günther. Le temps de la fin. Paris: L'Herme, 2007.

ARANTES, Paulo Eduardo. O novo tempo do mundo: e outros estudos sobre a era da emergência. São Paulo: Boitempo, 2014.

DANOWSKI, Déborah; VIVEIRO DE CASTRO, Eduardo. Há mundo por vir? Ensaio sobre os medos e os fins. Florianópolis: Editora Cultura e Barbárie, 2014.

DUPUY, Jean-Pierre. O tempo das catástrofes: quando o impossível é uma certeza. São Paulo: É Realizações, 2011.

GIRARD, René. La violence et le sacré. Pluriel, 2010.

_____________. Des choses cachées depuis la fondation du monde. Éditions Grasset & fasquelle, 1978.

_____________. Rematar Clausewitz: além da guerra. São Paulo: É Realizações, 2011.

____________. Mentira romântica e verdade romanesca. São Paulo: É Realizações, 2009.

JONAS, Hans. O princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para uma civilização tecnológica. Rio de Janeiro: Contraponto: Ed. PUC-Rio, 2006.

LOHOFF, Ernst. Krise und Befreiung — Befreiung in der Krise: Ein postpolitischer Streifzug. Disponível em: < >. Acesso em: 13/10/2017.

MUNFORD, Lewis. Technics and civilization. Nova Iorque: A Haverst Book, 1963.

VIVEIRO DE CASTRO, Eduardo. In: KOPENAWA, Davi; BRUCE, Albert. A queda do céu: palavras de um xamã yanomami. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

WALLERSTEIN, Immanel. O fim do mundo como o concebemos. Rio de Janeiro: Revan, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 METAXY: Revista Brasileira de Cultura e Políticas em Direitos Humanos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

METAXY é uma Revista do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas em Direitos Humanos do NEPP-DH/UFRJ. ISSN 2526-5229.