Pecados associados a cor - a diáspora africana no contexto francês

Fernanda Barros dos Santos Barros dos Santos

Resumo


O artigo objetiva examinar a questão dos refugiados no exterior à luz da questão étnico-racial. Neste sentido, tem por objetivo específico observar a sociedade francesa e o  modus operandi estatal em relação aos refugiados de origem africana. Em termos metodológicos, a pesquisa primou pela revisão de literatura quanto ao objeto em tela. Em analogia, mobilizou dados estatísticos das agências internacionais de direitos humanos, bem como procurou investigar o nacionalismo europeu e suas consequências à integração dos refugiados de matriz africana.


Palavras-chave


racismo, França, africana, diáspora, refugiado.

Texto completo:

PDF

Referências


ACNUR. PROTOCOLO DE 1967 RELATIVO AO ESTATUTO DOS REFUGIADOS, 1967. Disponível em: https://www.acnur.org/fileadmin/Documentos/portugues/BDL/Protocolo_de_1967_Relativo_ao_Estatuto_dos_Refugiados.pdf Acesso em: 01 jan. 2018.

ACNUR/UNHCR. RELATÓRIO PROTEGENDO REFUGIADOS NO BRASIL E NO MUNDO. Disponível em: https://www.acnur.org/fileadmin/Documentos/portugues/Publicacoes/2018/Cartilha_Protegendo_Refugiados_No_Brasil_2018.pdf?file=fileadmin/Documentos/portugues/Publicacoes/2018/Cartilha_Protegendo_Refugiados_No_Brasil_2018 Acesso em: 01 jan.2019.

ACNUR/UNHCR. Global Trend. Global Trends. Forced displacement. Disponível em: https://www.unhcr.org/globaltrends2017/ Acesso em: 01 fev. 2019.

ANKILI, Houssam. L’argot africain inspire la langue française. 9 de agosto de 2013. Disponível em: http://www.afrik.com/l-argot-africain-inspire-la-langue-francaise .Último acesso: 27 jul.2015.

ASSOCIATION POLLENS. La politique française en afrique: faut-il lâcher l’afrique? 29/05/2003 Disponível em http://www.eleves.ens.fr/pollens/seminaire/seances/afrique/index.htm.bk#_I_-_Historique_des relations France Último acesso: 28 jul. 2015

BOBBIO, Norberto, A era dos direitos. 7ª reimpressão. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

BOURDIEU, Pierre. La distinction: critique sociale du jugement. Paris: Minuit, 1979.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. 3ªreimpr. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

MIGNOLO, Walter D. Histórias locais / projetos globais – colonialidade, saberes subalternos e pensamento liminar. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

CARNEIRO, Gabriela de Oliveira Piquet. A Nova Maioria: Determinantes do apoio político ao neopopulismo na América Latina. 2009. 157. Tese (Doutorado em Ciência Política) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8131/tde-19082009-143302/publico/GABRIELA_DE_OLIVEIRA_PIQUET_CARNEIRO.pdf Acesso em: 02 jul. 2020.

CASTEL, Robert. A Discriminação Negativa: Cidadãos ou Autóctones? Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

CATARINA, Reis.& PEIXOTO, João & GÓIS, Pedro. A nova crise dos refugiados na Europa: o modelo de repulsão-atração revisitado e os desafios para as políticas migratórias. Revista brasileira. Estudos Populacionais, Belo Horizonte, v.34, n.1, p.73-98, jan./abr. 2017 Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepop/v34n1/0102-3098-rbepop-34-01-00073.pdf Acesso em:01/01/2019

DIDIER, Lapeyronnie. L'Individu et les Minorités. Paris, PUF, 1993.

ELIAS, Norbert; SCOTSON, John L. Os estabelecidos e os outsiders: sociologia das relações de poder a partir de uma pequena comunidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

EUROSTAT. Fontes/Entidades: Eurostat | Institutos Nacionais de Estatística, PORDATA

Última actualização: 26-12-2018 Disponível em: https://www.pordata.pt/Europa/Produto+Interno+Bruto+(Euro)-1786 Acesso em: 02 fev.2019

FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas. Bahia: Editora Edufba, 2008

FOUCAULT, MICHEL. (2008b). Nascimento da biopolítica: Curso dado no Collège de France (1978-1979). São Paulo: Martins Fontes.

GILROY, Paul. O Atlântico Negro. Modernidade e dupla consciência. São Paulo, Rio de Janeiro, 34/Universidade Cândido Mendes – Centro de Estudos Afro-Asiáticos, 2001.

HOBSBAWM, ERIC J. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

HUYSMANS, Jef. The Politics of Insecurity: Fear, Migration and Asylum in the EU. New International Relations Series. London, UK: Routledge, 2006.

IGNAZI, Piero. Extreme Right Parties in Western Europe. Second edition. Oxford: Oxford University Press, 2006.

LA FONDATION CHARLES DE GAULLE. La France et le monde (1946-1969): la décolonisation. S/d. Disponível em: http://www.charles-de-gaulle.org/pages/espace-pedagogique/le-point-sur/contextes-historiques/la-france-et-le-monde–1946-1969-la-decolonisation.php Último acesso: 28 jul.2015

LE MONDE. La colonisation européenne et le système colonial, du milieu du xixe au milieu du xxe siècle. S/d. Disponível em: http://www.lemonde.fr/revision-du-bac/annales-bac/histoire-terminale/la-colonisation-europeenne-et-le-systeme-colonial-du-milieu-du-xixe-au-milieu-du-xxe-siecle_t-hrde128.html#TFXbGeSwiJU56F5u.99 Último acesso em 27 jul./2015

LE MONDE. La décolonisation et ses conséquences (1945-fin des années 1980).S/d. Disponível em: http://www.lemonde.fr/revision-du-bac/annales-bac/histoire-terminale/la-decolonisation-et-ses-consequences-1945-fin-des-annees-1980_t-hrde124.html#VWUCVLQYJcHWYAgv.99 Último acesso em 27 jul. 2015

LE PARISIEN. Aboubakar, 22 ans, tué par la police à Nantes. Disponível em:http://www.leparisien.fr/faits-divers/aboubakar-22-ans-tue-par-la-police-a-nantes-04-07-2018-7807398.php Acesso em: 02 jan. 2019

LE MONDE. Manifestation mouvementée pour Théo à Paris et à Marseille. Disponível: https://www.lemonde.fr/societe/article/2017/02/10/manifestation-mouvementee-pour-theo-a-paris_5078006_3224.html Acesso em: 01 fev. 2019

LIBÉRATION. Mort de deux jeunes à Clichy-sous-Bois, le non-lieu des policiers annulé. Disponível em: https://www.liberation.fr/societe/2012/10/31/mort-de-deux-jeunes-a-clichy-sous-bois-le-non-lieu-des-policiers-annule_857299 Acesso em: 02 jan. 2019.

MAIO, Marcos Chor. (1997), A História do Projeto UNESCO: Estudos Raciais e Ciências Sociais no Brasil. Rio de Janeiro, Tese de Doutoramento em Ciência Política, Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro.

MBEMBE, Achille. NECROPOLÍTICA. Biopoder soberania estado de exceção política da morte. Arte & Ensaios | revista do ppgav/eba/ufrj | n. 32 | dezembro 2016. Disponível em: file:///C:/Users/fbarros245/Downloads/8993-17970-1-SM.pdf Acesso em: 02 fev. 2020.

MÉDICOS SEM FRONTEIRAS. França, situação dos refugiados em Paris é crítica. 17/11/2017.Disponível em: https://www.msf.org.br/noticias/franca-situacao-de-refugiados-em-paris-e-critica Acesso em: 01/01/2019.

MICHAEL, Löwy. Conservadorismo e extrema-direita na Europa e no Brasil. in: Serv. Soc. Soc., São Paulo, n. 124, p. 652-664, out./dez. 2015.

MINISTÈRE DE L’INTERIEUR (França). Immigration en France, données du dernier recensement: 2012. 2012. Disponível em: http://www.immigration.interieur.gouv.fr/Info-ressources/Actualites/Focus/Immigration-en-France-donnees-du-dernier-recensement-2012 Último acesso: 31 jul.2015.

NARCIZO, Makchwell Coimbra. A extrema-direita francesa em reconstrução: Marine Le Pen e a desdemonização do Front Nacional [2011-2017]. Tese História da Universidade Federal de Uberlândia (PPGHI), Minas Gerais, 2019.

PERALVA, Angelina. França: imigrantes, estrangeiros, estranhos. Lua Nova, São Paulo, n. 33, p. 59-76, Aug. 1994 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-64451994000200005&lng=en&nrm=iso Acesso em: 22 fev. 2019.

PREEPTING Justice: Counterterrorism Laws and Procedures in France. Human Rights Watch. Nova York, jul. 2008. Disponível em: Acesso em: 05 mai. 2009.

SAID, Edward W. Orientalismo: o Oriente como invenção do Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 10. ed. Rio de Janeiro: Record, 2003.

SOUZA, Joiciane Aparecida de. As políticas de discriminação positiva e a democratização das grandes escolas francesas. In: Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. INEP. Brasília, v. 93, n. 233, p. 231-254, jan./abr. 2012.

VELASCO, S. A securitização da imigração na União Europeia: legislação e práticas de regulação do excesso de mobilidade. In: Imigração na União Europeia: uma leitura crítica a partir do nexo entre securitização, cidadania e identidade transnacional [online]. Campina Grande: EDUEPB, 2014, pp. 65-107.

WEIL, Patrick. La France et ses étrangers. Paris, Calmann-Lévy, 1991.

WACQUANT, Loic. As prisões da miséria. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 METAXY: Revista Brasileira de Cultura e Políticas em Direitos Humanos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

METAXY é uma Revista semestral do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas em Direitos Humanos do NEPP-DH/UFRJ. ISSN 2526-5229.