Ciência com micróbios: uma proposta de mediação entre a universidade e a escola

Ana Paula Alves Teixeira, Adília Batista de Araújo

Resumo


O bibliotecário visa a organizacão e a difusão da informação documental, entretanto esses profissionais podem promover açÅes culturais que ultrapassam o trabalho com suportes bibliográficos. Profissionais da biblioteca do Instituto de Microbiologia Paulo de Góes (IMPPG) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Centro de Extensão da Microbiologia (CEM), em parceria com a docência do IMPPG, têm mediado processos de cunho pedagógico, científico e cultural. Alunos do ensino fundamental de escolas públicas vivenciam o mundo dos microrganismos através de atividades extensionistas da UFRJ. Os espaços são ambientados com personagens da coleção “Ciência com micróbios”, concebidos pela professora Alane Beatriz Vermelho, que explora a temática da microbiologia para crianças. São atividades que incluem contação de histórias, apresentação de videos, exploração de jogos e observação microscópica. A ação cultural é coordenada pela professora, mediada por um Técnico Administrativo em Educação (TAE), um bibliotecário e por bolsistas de extensão. A ação objetiva promover a formação de movimentos culturais em bibliotecas e salas de aula, evidenciar a possibilidade de interação entre crianças, professores e bibliotecários nesses espaços e estimular a natureza intelectual de atores do ensino fundamental. A biblioteca do IMPPG ao participar do projeto “Ciência com micróbios”, além de impulsionar bibliotecas e salas de aulas como espacos aprazíveis do saber, pretende intensificar atividades de integração entre pesquisa, ensino e extensão na Universidade.


Palavras-chave


Universidades brasileiras; Bibliotecas universitárias; Atividades extensionistas; Microbiologia.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Mediação da informação: ampliando o conceito de disseminação. In: VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Gestão da informação e do conhecimento no âmbito da Ciência da Informação. São Paulo: Polis; Cultura Acadêmica, 2008. p. 41-54.

BATTLES, M. A conturbada história das bibliotecas. São Paulo: Planeta, 2003.

CAMPELLO, B. Letramento informacional no Brasil: práticas educativas de bibliotecários em escolas de ensino básico. 2009. 209 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2009. Disponível em: . Acesso em: 24 out. 2017.

CAVALCANTE, L. E. Cultura informacional e gestão de bibliotecas públicas municipais: competências e usos da informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 11., 2010, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: ENACIB, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2015.

COELHO NETO, J. T. O que é ação cultural. São Paulo: Brasiliense, 1988.

DUDZIAK, E. A. A Information Literacy e o papel educacional das bibliotecas. 2001. 187 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2014.

ENCONTRO NACIONAL DO FORPROEX -- FORUM DE PRO-REITORES DE EXTENSÃO DAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR, 30., 2011, Porto Alegre. Carta de Porto Alegre, 2011. Disponível em: < https://www.ufmg.br/proex/renex/images/documentos/2011-XXX-Encontro-Nacional-do-FORPROEX.pdf>. Acesso em: 13 mar. de 2015.

ENCONTRO NACIONAL DO FORPROEX, 31., 2012, Manaus. Carta de Manaus, 2012. Disponível em: < https://www.ufmg.br/proex/renex/images/documentos/2012-06-28-31o-Encontro-Nacional-Manaus.pdf>. Acesso em: 13 mar. 2015.

FERREIRA, R. S. Transpondo muros, construindo relações: uma reflexão sobre bibliotecas universitárias e extensão no Brasil. ¬ Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 9, n. 2, p. 75-¬88, jan. 2012. Disponível em: < http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/499>. Acesso em: 28 ago. 2015

LOUREIRO, M. F.; JANNUZZI, P. Profissional da informação: um conceito em construção. Transinformação, Campinas, v. 17, n. 2, p. 123-¬151, maio/ago. 2005.

MADIGAN, M. T.; et al. Microbiologia de Brock. 14. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

NOGUEIRA, M. D. P. Política de extensão universitária brasileira. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005.

ORTEGA, C. D. Relações históricas entre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. Data Grama Zero, v. 5, n. 5, out. 2004.

SOUZA, F. C. Biblioteconomia, educação e sociedade. Florianópolis: Ed. UFSC, 1993.

VERMELHO, Alane Beatriz. Dudu e o professor Aspergilo. Rio de Janeiro: Vieira & Lent, 2010. 36 p. (Coleção Microfamília).

VIEIRA, R. M. Introdução à teoria geral da Biblioteconomia. Rio de Janeiro: Interciência, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Práticas em Gestão Pública Universitária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E DIRETÓRIOS

Google Acadêmico | sumários.org  | LivRe! | Diadorim | Latindex | DOAJ