TRABALHO E INCLUSÃO SOCIAL NA PRAÇA DO CONHECIMENTO: NOTAS SOBRE A DIVERSIDADE E A GESTÃO NUMA UNIVERSIDADE PÚBLICA

João César de Freitas Fonseca, Felipe Augusto Ribeiro

Resumo


Este texto trata de algumas implicâncias do fenômeno da diversidade na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Para tanto, debruça-se sobre dois aspectos fundamentais do ambiente universitário: o trabalho e a inclusão social, bem como a relação recíproca entre eles e as formas como a gestão universitária lida com eles. O que se objetiva é refletir sobre as maneiras pelas quais a crescente diversificação dos sujeitos que compõem a UFMG impacta sobre a miríade de trabalhos nela e por ela executados e afeta a sua bandeira de promoção da inclusão social. Na perspectiva dessa reflexão, a hierarquização dos trabalhos e os entraves na gestão universitária constituem um desafio para que a diversidade se traduza em efetiva inclusão social.


Palavras-chave


Diversidade; Universidade Federal de Minas Gerais; Gestão Universitária; Inclusão Social

Texto completo:

PDF

Referências


ALVINO-BORBA, Andreilcy; MATA-LIMA, Herlander. Exclusão e inclusão social nas sociedades modernas. Serviço Social e Sociedade, São Paulo, n. 106, abr./jun. 2011, p. 219-240. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2015.

ANDRADE, Valéria Freire. Educação inclusiva: por um devir minoritário em uma escola para todos. 2007. 99 f. Tese (Doutorado) -- Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

ARENDT, Hannah. A condição humana. Tradução de Roberto Raposo. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

ARISTÓTELES. Política. Brasília: UnB, 1985.

BENDASSOLLI, Pedro. Psicologia e trabalho: apropriações e significados. São Paulo: Cengage Learning, 2009.

BIANCHETTI, Luis. Pós-graduação em Educação: processo e resultados de uma “indução voluntária”. Universidade e Sociedade, Brasília, Ano XVII, v. 41, jan. 2008, p. 143-164.

BRASIL. Resolução 04/99, 4 de março de 1999. Aprova o novo Estatuto da Universidade Federal de Minas Gerais. Diário Oficinal da União, Seção 1, Brasília, 5 de jul. 1999.

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil: o longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

CASTEL, Robert. As metamorfoses da questão social. Petrópolis: Vozes, 1998.

CHANLAT, Jean-François. Modos de Gestão, Saúde e Segurança no Trabalho. In: DAVEL, Eduardo e VASCONCELOS, João (Orgs.). “Recursos” Humanos e Subjetividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995. p. 118-128.

CLOT, Yves. A função psicológica do trabalho. Petrópolis: Vozes, 2006.

COELHO, Maria de Lourdes. O programa REUNI na UFMG: contexto, adesão, implantação, criação do GIZ e suas ações formativas. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 4, out. 2014. p. 3-46. Disponível em: . Acesso em: 08 jul 2015.

CUNHA, Luiz Antônio. O ensino de ofícios artesanais e manufatureiros no Brasil escravocrata. São Paulo: Editora UNESP; Brasília: FLACSO, 2005.

DEMO, Pedro. Charme da exclusão social. Campinas: Autores Associados, 1998.

ESCOREL, Sarah. Vidas ao léu: trajetórias de exclusão social. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1999.

ESTADO DE MINAS. Alunas denunciam assédio de professor na UFMG. Reportagem de Juliana Ferreira. Belo Horizonte: 23 out. 2013. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2015.

______. Ranking aponta UFMG entre as melhores da América Latina. Belo Horizonte: 10 jun. 2015c. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. 2015.

______. Sisu faz subir número de estudantes de outros estados e do interior em BH, aponta UFMG. Reportagem de Márcia Maria Cruz. Belo Horizonte: 26 jun. 2015a. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. 2015.

______. UFMG é a mais procurada no país por estudantes inscritos no Sisu. Belo Horizonte: 15 jun. 2015b.

Disponível em: . Acesso em: 08 jul. 2015.

ESTENSSORO, Luis Enrique R. Capitalismo, desigualdade e pobreza na América Latina. 2003. 286 f. Tese (Doutorado) -- Departamento de Sociologia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

FONSECA, João Gabriel Marques. O trabalho e os trabalhos. Revista Diversa, Belo Horizonte, ano 12, n. 20, abr. 2013. Disponível em . Acesso em: 08 ago. 2015.

FOUCAULT, Michel. História da loucura. São Paulo: Perspectiva, 1997.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Organização e tradução de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

GASPARINI, Sandra Maria; BARRETO, Sandhi Maria; ASSUNÇÃO, Ada Ávila. O professor, as condições de trabalho e os efeitos sobre sua saúde. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, mai. /ago. 2005, p. 189-199. Disponível em . Acesso em: 13 jul .2015.

GONZAGA, Yone Maria. Zumbi, Parecer do CNE e as lutas cotidianas. In: Informativo Sindifes, Belo Horizonte, ed. 414, ano 17, nov. /dez. 2010.

GUERRA, Paula. Da exclusão social à inclusão social: eixos de uma mudança paradigmática. Revista Angolana de Sociologia [Online], Ramada, Portugal, n. 10, out. 2012. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2015.

G1. Aluna da UFMG se revolta com colegas por música sexista em BH. Reportagem de Thais Pimentel. Belo Horizonte: 22 set. 2014. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2015.

______. UFMG diz que notas de cotistas são equiparáveis a dos outros alunos. Reportagem de Thais Pimentel. Belo Horizonte: 1º mai. 2015. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. 2015.

HABERMAS, Jürgen. The structural transformation of the public sphere. Massachusetts: Cambridge Press, 1991.

LEAL, Giuliana Franco. A noção de exclusão social em debate: aplicabilidade e implicações para a intervenção prática. In: XIV ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 2004, Caxambu, 20 a 24 dez 2004. Anais... Caxambu: ABEP, 2004, p. 1-17.

LEMOS, Denise Vieira da Silva. Alienação no trabalho docente? O professor no centro das contradições. Universidade e Sociedade, Brasília, n. 45, 2010, p. 27-37.

MARSHALL, Thomas H. Cidadania, classe social e status. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

MARTINS, José de Souza. Exclusão e a nova desigualdade. São Paulo: Paulus, 1997.

OLIVEIRA, Avelino da Rosa. Educação e exclusão: uma abordagem ancorada no pensamento de Karl Marx. 2002. 226 f. Tese (Doutorado) -- Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2002.

PAIVA, Vera Lúcia M. O. Políticas de credenciamento e recredenciamento de professores em Programas de Pós-Graduação em Linguística e em Linguística Aplicada: publish or perish. Belo Horizonte: UFMG, 2012 (mimeo). Disponível em . Acesso em 08 ago. 2015.

RIBEIRO, Marlene. Exclusão e educação social: conceitos em superfície e fundo. Educação e Sociedade, Campinas, v. 27, n. 94, jan. /abr. 2006, p. 155-178.

______. Exclusão: problematização do conceito. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 25, n. 1, jan. /jun. 1999, p. 35-49.

SANTOS, Karina; REIS, Bruno; FONSECA, João César. Psicologia, trabalho e educação: relato de acompanhamento de adolescentes trabalhadores em uma universidade pública. Brasília: ABEP, 2012. Disponível em . Acesso em: 02 ago. 2015.

SAWAIA, Bader. As artimanhas da exclusão: análise psicossocial da ética da desigualdade social. Petrópolis: Vozes, 2001.

SCHMITT, Carl. O conceito do político. Petrópolis: Vozes, 1992.

TELLES, Vera da Silva. A cidadania inexistente: incivilidade e pobreza. 1992. 332 f. Tese (Doutorado) -- Departamento de Sociologia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1992.

______. Direitos sociais: afinal, do que se trata? Belo Horizonte: Editora UFMG, 1999.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Campanha A diversão não é só sua leva discussão sobre o trote para as unidades. Belo Horizonte: 5 mar. 2009b. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2015.

______. Centro de Comunicação. Inclusão social: um debate necessário? Belo Horizonte: UFMG, [2006-2010]. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. 2015.

______. Centro de Comunicação. Reuni. Belo Horizonte: UFMG, [2008-2009]. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. 2015.

______. Relatório de Gestão 2010-2014. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014. Disponível em: . Acesso em 08 jul. 2015.

______. Trote solidário é alternativa para receber calouros. Belo Horizonte: 3 mar. 2009a. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2015.

_____. UFMG aprova uso do nome social em registros da vida funcional acadêmica. Belo Horizonte: 8 jul. 2015. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2015.

VIEGAS, Sônia. Trabalho e Vida. Belo Horizonte, 1989. 23 f. Não Publicado. [Conferência proferida aos profissionais do Centro de Reabilitação Profissional do INSS -- Belo Horizonte].


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Práticas em Gestão Pública Universitária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E DIRETÓRIOS

Google Acadêmico | sumários.org  | LivRe! | Diadorim | Latindex | DOAJ