MAPEAMENTO DE COMPETÊNCIAS NA UFPA: ANÁLISE DOS TRÊS CICLOS DE APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL REALIZADOS

Rosana Augusto Chagas, LARISSA MELO MATOS

Resumo


Aos servidores e funcionários de todas as esferas da administração pública só é permitido fazer o constante na lei, logo, correspondem a esse mesmo princípio todas as atividades dos órgãos públicos federais assim como também, toda a forma de desenvolvimento do seu quadro de pessoal. Na área de gestão de pessoas, o Decreto nº 5.707/2006 há 11(onze) anos, dá o embasamento a metodologia de mapeamento de competências, implantado em 2011 em uma Universidade pública que o transformou em ciclos para compreender sua dinâmica e teve como resultado um processo de aprendizagem organizacional em constante evolução, preconizado em 1994 por Peter Senge, de organizações que aprendem.


Palavras-chave


Mapeamento de Competências; Aprendizagem Organizacional; Gestão de Pessoas

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Decreto n. 5.707, de 23 de fevereiro de 2006. Institui a Política e as Diretrizes para o Desenvolvimento de Pessoal da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, e regulamenta dispositivos da Lei n. 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Diário Oficial da União, 24 fev. 2006. Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Decreto/D5707.htm. Acesso em 01/05/2017.

_______. Constituição Federal de 1988. Promulgada em 5 de outubro de 1988. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituição.htm.

COSTA, Thiago Dias e ALMEIDA, João Cauby de. Mapeamento de Competências Individuais dos servidores técnico-Administrativos da Universidade Federal do Pará. VI Congresso de Gestão Pública - CONSAD. Brasília, 2013. Disponível em: http://repositorio.fjp.mg.gov.br/consad/bitstream/123456789/869/1/C6_TP_MAPEAMENTO%20DE%20COMPET%C3%8ANCIAS%20INDIVIDUAIS.pdf. Acesso em fevereiro 2015.

CHAGAS, Rosana Augusto e MATOS, Larissa Melo. Elaborando o Plano de Capacitação com ênfase em Competências: o novo modelo de gestão da UFPA. XIV Fórum Internacional de Administração - FIA. Rio de Janeiro, 2015. Disponível em: http://www.cra-rj.adm.br/publicacoes/anais-XIV-FIA/files/assets/basic-html/page-1.html. Acesso em junho 2017.

FARIAS, A. A. e BARBOSA, D. F. Resenha. Id on Line Revista de Psicologia, Novembro de 2011, vol.1, n.15, p. 18-21. ISSN 1981-1189. Disponível em: https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/17. Acesso em 07/06/2017.

RICHE, Georges Ayoub e ALTO, Ricardo Monte. As Organizações que Aprendem, segundo Peter Senge: “A Quinta Disciplina”. Cadernos Discentes COPPEAD, Rio de Janeiro, n. 9, p. 36-55, 2001.

SENGE, Peter M. et al. A quinta disciplina - caderno de campo: estratégias para construir uma organização que aprende. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1994.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Práticas em Gestão Pública Universitária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E DIRETÓRIOS

Google Acadêmico | sumários.org  | LivRe! | Diadorim | Latindex | DOAJ