DESBUROCRATIZAÇÃO: ABORDAGEM BPM E A CARTA DE SERVIÇOS AO USUÁRIO

Adriana Trein de Abreu e Silva

Resumo


Este trabalho consistiu no estudo dos desafios que o gestor público moderno enfrenta no Modelo de Gestão Gerencial que se apresenta na condução dos governos desde a década de 1990. Esse modelo de gestão exige que o administrador público seja mais eficiente e transparente em suas ações de governo.  O artigo foi elaborado por meio de abordagem qualitativa, empregando-se a pesquisa exploratória como objetivo. O procedimento adotado foi o levantamento bibliográfico, além da análise da legislação pertinente. Obras sobre o tema foram utilizados como recurso de coleta de dados na expectativa de ampliar o conhecimento sobre o assunto proposto e trazer solução para o problema identificado. O objetivo deste estudo foi compreender de que forma a abordagem BPM (Business Process Management) pode contribuir com a prestação de um serviço mais eficiente ao cidadão/usuário, por meio da elaboração de uma Carta de Serviços, importante instrumento que apresenta os serviços prestados por determinado órgão. Ao analisar os resultados, pode-se perceber que o gestor público pode se utilizar de ferramentas outrora utilizadas com mais ênfase pela iniciativa privada, como a abordagem BPM, por exemplo. Por meio da análise de uma das ferramentas propostas por esse método, a Cadeia de Valor, os processos finalísticos foram facilmente identificados para serem descritos na Carta de Serviços, instrumento promovido com o objetivo de aumentar a eficiência do gestor público por meio do controle social. Conclui-se que é imprescindível que o gestor público contemporâneo busque meios cada vez mais produtivos para entregar mais valor ao cidadão.


Palavras-chave


Eficiência na Gestão Pública; Business Process Management; Carta de Serviços

Texto completo:

PDF

Referências


ABPMP (Association of Business Process Management Professionals). Guia para o gerenciamento de processos de negócios: corpo comum de conhecimento (BPM CBOK V3.0). [S.I.]: ABPMP, 2013.

BORGES, Lorena de Melo; WALTER, Fábio; SANTOS, Luciano Costa. Análise e Redesenho de Processos no Setor Público: identificação de melhorias em um processo de compra. HOLOS, [S.l.], v. 1, p. 231-252, fev. 2016. ISSN 1807-1600. Disponível em: . Acesso em: 16 abr. 2017. doi:http://dx.doi.org/10.15628/holos.2016.3734.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Senado Federal. Secretaria de Editoraçao e Publicações. 2006.

BRASIL, Decreto Nº 9.094, de 17 de julho de 2017. Dispõe sobre a simplificação do atendimento prestado aos usuários dos serviços públicos, ratifica a dispensa do reconhecimento de firma e da autenticação em documentos produzidos no País e institui a Carta de Serviços ao Usuário. Disponível em . Acesso em: 07 jan 2017.

CARVALHO, Débora. As disfunções da burocracia transformam-se na própria ''burocracia''. 2010. Disponível em: . Acesso 04 mar 2018.

CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração. 6 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2001.

COLÉGIO Pedro II. Cadeia de Valor do CPII. Rio de Janeiro, 2014. Disponível em http://www.cp2.g12.br/component/content/article/113-pro_reitorias/prodi/5142-cadeia-de-valor.html. Acesso em 07 mar 2018.

MADEIRA, José Maria Pinheiro. Administração Pública. 10. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

OROFINO, Antonio Carlos Souto. Processos com Resultados: a busca da melhoria continuada. [S.I]: LTC Editora, 2009.

RIGO, Elizabete; SILVA, Aparecida de Lourdes. A Burocracia no Serviço Público. 2003. Disponível em: . Acesso em 04 mar 2018.

SILVA, Reinaldo Oliveira. Teorias da administração. 3 ed. São Paulo: Person Educacion do Brasil, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Práticas em Gestão Pública Universitária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E DIRETÓRIOS

Google Acadêmico | sumários.org  | LivRe! | Diadorim | Latindex | DOAJ