EMI (ENGLISH AS A MEDIUM OF INSTRUCTION) COMO ESTRATÉGIA DE INTERNACIONALIZAÇÃO EM CASA: UM ESTUDO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

Fabiane Cortez Verdu

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar o EMI como estratégia de internacionalização em casa do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Estadual de Maringá (PPA/UEM). Esta é uma pesquisa descritivo-qualitativa. Os dados foram coletados por meio de documentos e observação participante. Foram coletados documentos por meio dos sítios da Universidade Estadual de Maringá (UEM), do Escritório de Cooperação Internacional (ECI), do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPA) e do currículo Lattes. A observação participante ocorreu nas dependências do PPA, bem como na sala onde foi realizado o curso sobre English as Medium of Instruction (EMI). Os dados coletados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo. O PPA/UEM desenvolve diversas estratégias de internacionalização em casa (IeC), a saber: recebe professores e alunos do exterior em mobilidade, oferece disciplinas em inglês, e escreve e publica artigos em inglês. Desenvolve também atividades de internacionalização no exterior (InE), a saber: envia professores e alunos em mobilidade para fora do país, conta com professores com doutorado e pós-doutorado no exterior, e apresenta trabalhos no exterior. Este trabalho fornece subsídios para superar a falta de consciência e entendimento sobre os processos e práticas de internacionalização das Instituições de Ensino Superior, e pode ser útil dos pontos de vista teórico e prático.


Palavras-chave


Internacionalização das IES

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

AZEVEDO, M.L.N. Internacionalização ou transnacionalização da educação superior: entre a formação de um campo social global e um mercado de ensino mundializado. Crítica Educativa, v. 1, n. 1, p. 56-79, jan./jun. 2015.

BODDEWYN, J. J.; HALBRICH, M. B.; PERRY, A. C. Service multinationals. Journal of International Business Studies, v. 17, p. 41-57, 1986.

BODDEWYN, J.J.; TOYNE, B.; MARTINEZ, Z.L. The meanings of international management. Management International Review, v. 44, n.2, p. 195-212, 2004.

BORGES, V.M.O.; AQUINO, E.T. Ensino superior à ordem do capital internacional. Gual, v. 6, n. 2, p. 22-32, abr. 2013.

CHEN, Y-L.E.; KRAKLOW, D. Taiwanese college students’ motivation and engagement for English learning in the context of internationalization at home: a comparation of students EMI and non-EMI programs. Journal of Studies in International Education, v. 19, n. 1, 2015, p. 46-64.

DEARDEN, Julie. English as a medium of instruction–a growing global phenomenon. British Council. 2014. Disponível em: http://www. britishcouncil. org/education/ihe/knowledge-centre/english-language-higher-education/report-english-medium-instruction. Acesso em: 02/02/2016.

DEJLIC, M.L.; SAHLIN-ANDERSSON, K. Introduction: a world of governance: the rise of transnational regulation. In: DEJLIC, M.L.; SAHLIN-ANDERSSON, K. (eds). (2006). Transnational governance: Institutional dynamics of regulation. Cambridge: Cambridge University Press.

DIB, L.A.; CARNEIRO, J. Avaliação comparativa do escopo descritivo e explanatório dos principais modelos de internacionalização de empresas. In: EnANPAD, 30., 2006, Salvador. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2006. 1 CD-ROM.

ECI. Missão. Disponível em: http://www.eci.uem.br/institucional/equipe/quem-somos Acesso em: 15/03/2017.

GORGES, J.; KANDLER, C.; BOHNER, G. Internationalization at home: using learning motivation to predict students’ attitudes toward teaching in a foreign language. Journal of International Research, v. 53, 2012, p. 107-116.

HILAL, A.; HEMAIS, C.A. O processo de internacionalização na ótica da escola nórdica: evidências empíricas em empresas brasileiras. RAC, v. 7, n. 1, p. 109-124, 2003.

HUEDO, M.L.S. Internationalisation at home: the case of Spanish university. In: European Project, Volume: Guide of good practices Tempus Corinthiam, Project Nº 159186-2009-1-BE-SMGR, 2013.

JENSEN, P. D. Ø.; PETERSEN B. Value creation logics and internationalization of service firms. International Marketing Review, v. 31, p. 557-575, 2014.

JON, J-E. Realizing internationalization at home in Korean Higher Education: promoting domestic students’ interaction with international students and intercultural competence. Journal of Studies in International Education, v. 17, n. 4, 2013, p. 455-470.

JORIS, M.; VAN DER BERG, C.; VAN RYSSEN, S. Home, but not alone: information and communication technology and internationalization at home. Journal of Studies in International Education, v. 7, n. 1, 2003, p. 94-107.

KARPIK, L. What is the price of a scientific paper? In: BECKERT, J.; ASPERS, P. The worth of goods: valuation and price in the economic. New York: Oxford University Press, 2011.

KNIGHT, J. Higher Education in Turmoil. Rotterdam: Sense Publishers, 2008.

KNIGHT, J. Internationalization remodeled: definition, approaches, and rationales. Journal of Studies in International Education, v. 8, n. 5, p. 5-31, 2004.

LEASK, B. Internationalizing the curriculum in the disciplines: imagining new possibilities. Journal of Studies in International Education, v. 17, n. 2, 2013, p. 103-118.

MOK, K.H.. Questing for internationalizations of universities in East Asia. In: International Symposium at Osaka University, Japan, 2006.

NECHITA, E.; COJOCARIU, V-M; PACURARI, D. Internationalization of higher education at home: an initiative for teaching informatics. Procedia: Social and Behavioral Sciences, v. 149, 2014, p. 624-628.

NILSSON, B. Internationalisation at home from a Swedish perspective: the case of Malmö. Journal of Studies in International Education, v. 7, n. 1, 2003, p. 27-40.

NILSSON, B. Internationalising the curriculum. In: CROWTHER, M.; et al. (Eds.). Internationalisation at home: A position paper. Amsterdam, Netherlands: European Association for International Education, p. 21-27, 2000.

ROMANI-DIAS, M.; CARNEIRO, J.M.T.; BARBOSA, A.S. A internacionalização de instituições de ensino superior: proposição de modelo conceitual a partir do papel dos pesquisadores. EnANPAD, 41., 2017, São Paulo. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2017.

SHENKAR, O. One more time: international business in a global economy. Journal of International Business Studies, v. 35, p. 161-171, 2004.

VEIGA, L.F.A.; ROCHA, A. Escolha de mercados externos, distância cultural e comprometimento. EnANPAD, 25., 2001, Campinas. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2001.

WÄCHTER, B. An introduction: internationalization at home context. Journal of Studies in International Education, v. 7, n. 1, 2003, p. 5-11.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Práticas em Gestão Pública Universitária

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E DIRETÓRIOS

Google Acadêmico | sumários.org  | LivRe! | Diadorim | Latindex | DOAJ