“A MAIS ANTIGA CERES”: CÍCERO, DE SIGNIS (IN VERREM 2.4.105-115)

Autores

  • Claudia Beltrão da Rosa Professora associada de História Antiga da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO.

DOI:

https://doi.org/10.26770/phoinix.v23.2.n6

Palavras-chave:

estátuas de culto, M. Túlio Cícero, religião romana.

Resumo

Em busca dos significados conferidos a estátuas de deuses na arena pública romana, este artigo apresenta um estudo do discurso sobre a estátua de Demeter (In Verrem 2.4.105-115), no qual a deusa de Enna torna-se “a mais antiga Ceres”, vinculada por Cícero à religião romana.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2020-07-24

Como Citar

ROSA, Claudia Beltrão da. “A MAIS ANTIGA CERES”: CÍCERO, DE SIGNIS (IN VERREM 2.4.105-115). PHOÎNIX, [S. l.], v. 23, n. 2, p. 94–111, 2020. DOI: 10.26770/phoinix.v23.2.n6. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/phoinix/article/view/32961. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos