ARTE ITÁLICA EM MOEDAS CAMPANAS DO MUSEU HISTÓRICO NACIONAL: ALLIFAE E PHISTELIA

Autores

  • Maricí Martins Magalhães

Palavras-chave:

numismática, moedas campanas, arte itálica.

Resumo

Este trabalho apresenta um recorte do catálogo chamado "Moedas Itálicas,
ltaliotas e Siciliotas do Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro", que está
sendo elaborado pela autora. Tal recorte refere-se a duas cidades da região
Campânia (Itália) genuinamente itálicas ou samnitas, Allifae e Phistelia, que cunharam moedas em tomo do IV século a.C. Apesar de a iconografia de alguns tipos apresentar uma certa inspiração na amoedação italiota de vizinhas colônias
gregas da Itália Meridional, também mostra características próprias e muito originais, refletindo a fisionomia de uma arte claramente itálica, que preservou um perfil indígena ainda não completamente tocado pela influência externa e um gosto
distante dos modelos clássicos. 

Biografia do Autor

Maricí Martins Magalhães

Pesquisadora da FAPERJ junto ao Departamento de Numismática do Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro.

Downloads

Publicado

2020-07-24

Como Citar

MAGALHÃES, Maricí Martins. ARTE ITÁLICA EM MOEDAS CAMPANAS DO MUSEU HISTÓRICO NACIONAL: ALLIFAE E PHISTELIA. PHOÎNIX, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 227–237, 2020. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/phoinix/article/view/33195. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos