Do letramento audiovisual à perda das palavras próprias: o apagar da luz de Espírito da Luz Soares

Maria Cecília Guilherme Siffert Pereira Diniz

Resumo


O presente trabalho visa a discutir a relação existente entre a produção
cultural de um autor e a perda das suas palavras por meio da perda da autoria, a partir da análise do personagem Espírito da Luz Soares, no filme Rio Zona Norte. Para tal, será abordado o letramento audiovisual, com o qual somos alfabetizados na forma de ver uma imagem em movimento. Em seguida, discorreremos sobre a incidência do “lampejo” na produção da obra de arte e como a experiência do autor é componente de sua obra. Por fim, analisaremos a relação entre a construção da diegese cinematográfica em flashback como um retorno à perda da autoria do personagem em ora analisado.


Palavras-chave


letramento audiovisual; autoria; Rio Zona Norte

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Policromias - Revista de Estudos do Discurso, Imagem e Som

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Policromias é a publicação do LABEDIS - Laboratório de Estudos do Discurso, Imagem e Som, coordenado pela Profa. Dra. Tania Conceição Clemente de Souza e vinculado ao Museu Nacional (UFRJ).

              

 

 

 

 


Licença Creative Commons

A Policromias utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.