OS DISCURSOS SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: DESVENDANDO A CENOGRAFIA E O ETHOS NAS PRÁTICAS SOCIAIS

Briane Schmitt, Ernani Cesar de Freitas

Resumo


Esta pesquisa busca analisar como se constituem enunciativamente a cenografia e o ethos discursivo presentes na campanha publicitária do Conselho Nacional de Justiça lançada em 2011, sobre o tema da violência contra a mulher. Este trabalho se justifica pela necessidade em compreender de que maneira as manifestações sociais se revelam nos discursos que circulam na sociedade, levando em conta os vários debates em torno do direito das mulheres, assunto em pauta contínua atualmente. O principal objetivo da pesquisa é entender de que forma se constrói a cenografia discursiva na propaganda, delimitando também o ethos discursivo decorrente dessa cenografia. O estudo terá como pressupostos teóricos as noções de cenografia e ethos discursivo propostas por Maingueneau (2013a e 2013b). O corpus da pesquisa é composto pelo vídeo da propaganda contra a violência à mulher. A pesquisa é descritiva, bibliográfica e documental, e estabelece uma relação entre as manifestações linguísticas nos discursos que permeiam as interações sociais e como os sentidos e significados são produzidos e representados nesses discursos. O resultado deste estudo indica que as relações comunicativas em sociedade e os discursos advindos dessas relações ilustram e representam o modo de organização de uma sociedade e as formas de pensar dos sujeitos.


Palavras-chave


Discurso; Mulher; Cenografia

Texto completo:

PDF

Referências


AUTOR. O processo de leitura: uma atividade enunciativo-discursiva. In: MOMESSO,

M. R. et al. (Org.). Das práticas do ler e escrever: ao universo das linguagens, códigos e

tecnologias. Porto Alegre: Cirkula, 2014. p. 313--329.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

CAMPANHA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER. Conselho Nacional de Justiça. São Paulo: TV Justiça, 2011. Suporte em vídeo. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016.

CHILDS, Harwod Lasswell. Relações públicas, propaganda e opinião pública. Rio de Janeiro:

FGV, 1967.

FACIN, Débora. O enlaçamento enunciativo de um ritual carnavalizado: cenografia e ethos discurso em sambas-enredo de escolas carnavalescas do meio-oeste catarinense. 2012. Dissertação (Mestrado em Letras) -- Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 2012.

FIORIN, José Luiz. Introdução ao pensamento de Bakhtin. São Paulo: Ática, 2008.

MAINGUENEAU, Dominique. Cenas de enunciação. São Paulo: Parábola, 2008.

MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. São Paulo: Cortez, 2013a.

MAINGUENEAU, D. Ethos, cenografia, incorporação. In: AMOSSY, R. (Org.). Imagens de si no discurso. São Paulo: Contexto, 2013b. p. 69 -- 92.

ROJO, Roxane (org.). Escola conectada: os multiletramentos e as TICs. São Paulo: Parábola, 2013


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Policromias - Revista de Estudos do Discurso, Imagem e Som

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Policromias é a publicação do LABEDIS - Laboratório de Estudos do Discurso, Imagem e Som, coordenado pela Profa. Dra. Tania Conceição Clemente de Souza e vinculado ao Museu Nacional (UFRJ).

              

 

 

 

 


Licença Creative Commons

A Policromias utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.