Memes e identidades amazônicas: Narciso acha feio o que é espelho

Luiz Carlos Martins de Souza

Resumo


Este texto procura explicitar como processos discursivos constituem sujeitos e sentidos e se materializam em circulações cotidianas como memes de redes sociais, que tratam da identidade amazônica e das relações de poder com outras regiões, perscrutando o funcionamento da discursividade dos colonizadores das Américas em sua relação e efeito de identidade e contraste com os povos originários do Continente e da Amazônia, e suas implicações na sociedade. Para isso, utilizo o dispositivo teórico e analítico da Análise Materialista de Discursos.

 


Palavras-chave


meme; articulador simbólico; identidades amazônicas; análise de discurso;

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, Louis. Sobre a Reprodução. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

ARAUJO, Angela Aguiar. Resenha do livro Discurso e políticas públicas urbanas: a fabricação do consenso, de Eni Orlandi. Acessado em https://www.labeurb.unicamp.br/rua/anteriores/pages/home/lerPagina.rua?id=50

BRAGA, Sergio Ivan Gil et alii. Cultura Popular, Patrimônio Imaterial e Cidades. Manaus: ed. UFAm, 2007, v.1, 288p.

CAMPBELL, Joseph. O Herói de Mil Faces. São Paulo: Cultrix/Pensamento, 1989.

CÂNDIDO, Antônio. O Discurso e a cidade. São Paulo: Duas Cidades, 1993.

CÂNDIDO, Antônio. Dialética da Malandragem caracterização das Memórias de um sargento de milícias. In: Revista do Instituto de estudos brasileiros, nº 8, São Paulo, USP, 1970, pp. 67-89.

COSTA, Selda Vale da et alii. História, Ciências, Saúde - Manguinhos, vol.6, supl.0, Rio de Janeiro, Setembro de 2000, em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-59702000000500015, acessado em agosto de 2015.

DaMATTA, Roberto. Carnavais, Malandros e Heróis. Rio de Janeiro: Guanabara

Koogan, 1990.

DAVINO, Glaucia Davino e BELLICIERI, Fernanda. Histórias de roteiristas: Roteiros, dispositivo audiovisual. São Paulo: Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2013. 475 p.

FREUD, Sigmund. História de uma Neurose Infantil e outros textos. São Paulo: Cia. das Letras, vol. 14, 2010 [1917-1920].

FREUD, Sigmund. Introdução ao narcisismo: uma introdução (1914). Obras Completas, Vol. 12, trad. Paulo Cesar de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2010 [1914-1916].

GIL, Gilberto. Discurso da criação da FUNCINE em http://www.cultura.gov.br/noticias/discursos/index.php?p=807&more=1&c=1&tb=1&pb=1, acessado em 25/06/2006.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz Tadeu da Silva. 3a. ed. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 1999.

HALL, Stuart. Da Diáspora. Identidades e Mediações Culturais. Belo Horizonte/Brasília, Ed. UFMG/Representação da Unesco, 2003.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz Tadeu da Silva. 3a. ed. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 1999.

HENRY, Paul. A ferramenta imperfeita: língua, sujeito e discurso. Campinas: Editora da UNICAMP, 1992.

JAMESON, Fredric. The political unconscious: narrative as a socially symbolic act. Ithaca, USA: Cornell University Press, 1989.

LACAN, Jacques. O Seminário, livro 1: os escritos de Freud. Tradução: Betty Milan. 2. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2009 [1954].

LEVI-STRAUSS, Claude. Antropologia Estrutural: cap. X, “A eficácia simbólica”. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro. 2.ed., 1985.

MAcCABE, Colin. Tracking the Signifier: Theoretical essays: Film, Linguistics, Literature. Minnesota(USA): University of Minnesota ed., 1987, 152p.

MARTINS DE SOUZA, Luiz Carlos. Cartas para Quem? O funcionamento discursivo da falta no filme “Central do Brasil”. Tese de doutorado. Universidade Estadual de Campinas, 2012.

MARTINS DE SOUZA, Luiz Carlos. O Norte Apagado. In: Solange Mittmann; Evandra Grigoletto; Ercília Ana Cazarin (Org.). Práticas Discursivas e Identitárias: Sujeito e Língua. Porto Alegre: Nova Prova, 2008, p. 218-236.

MARTINS DE SOUZA, Luiz Carlos. A Selva na Selva: roteiro de documentário. Biblioteca Nacional. Patente: Número do registro: 304868, Brasil, data de depósito: 14/09/2003.

MARTINS DE SOUZA, Luiz Carlos. A identidade dos ribeirinhos do Lago Acajatuba, uma perspectiva discursiva. Dissertação de Mestrado: Universidade Federal do Amazonas, 2000.

MARTINS DE SOUZA, Luiz Carlos; FREIRE, Paulo Cezar. A Selva na Selva, DOCTV. Brasil, 2004, DVD.

MARX, Karl. Contribuição à Crítica da Economia Política. 2ª edição, São Paulo: Martins Fontes, 1983.

ORLANDI, Eni Puccinelli (org.) Discurso e políticas públicas urbanas: a fabricação do consenso. Campinas, SP: Editora RG, 2010. 160 p.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Com Ciência: REVISTA ELETRÔNICA DE JORNALISMO CIENTÍFICO, No. 89 - 10/07/2007, acessado em 07/09/2007, às 2h35, http://www.comciencia.br/comciencia/handler.phpmodule=comciencia&action=view&section=8

ORLANDI, Eni Puccinelli. O Sujeito Discursivo Contemporâneo: um exemplo. CD-Rom 2º SEAD. Porto Alegre: UFRGS, 2005.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Do Sujeito na História e no Simbólico in Escritos, Labeurb, Campinas, SP: Unicamp, 1999.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 1999.

ORLANDI, Eni P. Interpretação. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996.

ORLANDI, Eni Puccinelli. As formas do silêncio: no movimento dos sentidos. Campinas: Editora da UNICAMP, 1992.

ORLANDI, Eni Puccinelli (org.). Discurso Indígena: a materialidade da Língua e o movimento da identidade. Campinas: UNICAMP, 1991.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Terra à Vista. São Paulo: Cortez Editora, 1990.

ORLANDI, Eni Puccinelli. A linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso. São Paulo: Brasiliense, 1983.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Terra à Vista. São Paulo: Cortez/UNICAMP, 1990.

ORLANDI, Eni Puccinelli (org.). Discurso Indígena: a materialidade da Língua e o movimento da identidade. Campinas: UNICAMP, 1991PÊCHEUX, Michel. Discurso: estrutura ou acontecimento? Campinas, SP: Pontes, 2002.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas: Editora da Unicamp, 1997 [1975, Anexo III, 1978].

PÊCHEUX, Michel; FUCHS, C. A Propósito da Análise Automática do Discurso: atualização e perspectivas. In GADET, F. & HAK, T. (orgs.). Por uma Análise Automática do Discurso. Campinas: UNICAMP, 1993.

PEREIRA, Renato et alii. História, Ciências, Saúde - Manguinhos, vol.6, supl.0, Rio de Janeiro, Setembro de 2000, em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-59702000000500015, acessado em agosto de 2015.

PLON, Michel Plon & ROUDINESCO, Elisabeth. Dicionário de Psicanálise (trad. Vera Ribeiro, Lucy Magalhaes). Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998.

QUINET, Antonio. Os outros em Lacan. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

RENAUT, Alain(1988). Les subjectivités : pour une histoire du concept de sujet, in Penser le sujet aujourd'hui, org. por Guibert-Sledziewski, Elisabeth et Vieillard-Baron, Jean-Louis. Éditions Méridiens / Klincksieck et Cie.

RODRIGUES, Luiz Augusto F. Do Pensamento às Palavras Instrumento metodológico para a análise dos discursos Cadernos UniFOA edição no 12, abril/2010 http://www.foa.org.br/cadernos/edicao/12/87.pdf

SOUZA, Ana Paula Lonardi de. O Eu Ideal e o Ideal do Eu: reflexões sobre o caso Schreber. http://www.ufrgs.br/psicopatologia/schreber/ana%20lonardi%20texto.html, acessado em agosto de 2015.

SOUZA, Tânia C.C. de. Discurso e imagem: perspectivas de análise do não-verbal. In Ciberlegenda 1, Revista Eletrônica do Mestrado em Comunicação, Imagem e Informação, Niterói, UFF, 1998.

STAM, Robert. Introdução às Teorias do Cinema.Campinas, Papirus, 2003.

SILVA PIRES, Daniela. Memória e “evolução literária” no romance hispano-americano ; orientador: prof. Dr. Pedro Ramos Dolabela Chagas. - Vitória da Conquista, 2013. 80f. Dissertação (mestrado em Memória: Linguagem e Sociedade). - Programa de Pós-Graduação em Memória: Linguagem e Sociedade Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, 2013.

TAPIA, Claude(1988). L'individuel et le social. La notion de "sujet" du point de vue psychosociologique, in Penser le sujet aujourd'hui, org. por Guibert-Sledziewski, Elisabeth et Vieillard-Baron, Jean-Louis. Éditions Méridiens / Klincksieck et Cie.

VARNIER, Alain. O Sintoma Social, in Ágora v. V n. 2 jul/dez, 2002, p. 205-217

VIANA, Nildo. A Teoria das Classes Sociais em Karl Marx. Florianópolis: Bookess, 2012.

VOGLER, Christopher. A Jornada do Escritor. Rio de Janeiro: Ampersand Ed, 1997.

DVD

“Central do Brasil”. Direção: Walter Salles Júnior. Produção: Martire de Clermont-Tonnere e Arthur Cohn. Intérpretes: Fernanda Montenegro; Marilia Pêra; Vinicius de Oliveira; Sônia Lira; Othon Bastos; Matheus Nachtergaele e outros. Roteiro: Marcos Bernstein, João Emanuel Carneiro e Walter Salles Júnior. [S.I.]: Le Studio Canal; Riofilme; MACT Productions, 1998. (106 min), son. color., DVD.

“A Selva na Selva”. DOCTV. Direção: MARTINS DE SOUZA, Luiz Carlos; FREIRE, Paulo Cezar. Brasil, 2004, documentário. Produção: Luiz Carlos Martins de Souza, MinC, Fundação Padre Anchieta, JOBAST. Editoração: LogOn., 2006, 54min. Son. Colorido, DVD.

“O Auto da Compadecida”. Direção: Guel Arraes. Intérpretes: Fernanda Montenegro; Matheus Nachtergaele, Denise Fraga, Diogo Vilela, Marcos Nanini e outros. Globo Filmes.

REDE SOCIAL

MEMES coletados no Facebook

Tumblr “Identidades Amazônicas”: https://www.tumblr.com/blog/identidadesamazonicas


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Policromias - Revista de Estudos do Discurso, Imagem e Som

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Policromias é a publicação do LABEDIS - Laboratório de Estudos do Discurso, Imagem e Som, coordenado pela Profa. Dra. Tania Conceição Clemente de Souza e vinculado ao Museu Nacional (UFRJ).

              

 

 

 

 


Licença Creative Commons

A Policromias utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.