A estrutura de governança da indústria de energia elétrica: uma análise através da economia dos custos de transação

Edvaldo Alves de Santana, Carlos Augusto C. N. V. de Oliveira

Resumo


Este trabalho é uma contribuição para o estudo da reforma que está em curso na indústria de energia elétrica do Brasil. A economia dos custos de transação é o referencial teórico utilizado para explicar as mudanças na estrutura de governança vigente e para avaliar os possíveis efeitos da nova governança no desempenho da indústria. Conclui-se que, apesar dos mecanismos de incentivo à competição, como a desverticalização, as restrições a participações cruzadas (crossonwerships) e os limites de auto-suprimento (self-dealing), a especificidade dos ativos envolvidos, a volatilidade dos custos marginais de curto prazo, a necessidade de coordenação central e as exigências de incentivos à expansão da capacidade instalada induzirão a indústria a uma governança híbrida, abrangendo a competição e a cooperação, mais esta do que aquela.

Palavras-chave


custo de transação; setor elétrico; governança

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Edvaldo Alves de Santana, Carlos Augusto C. N. V. de Oliveira

Instituto de Economia da UFRJ

Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário, sl 114 
Urca, Rio de Janeiro, RJ, CEP 22290-240, Rio de Janeiro - RJ Brasil
Tel.: 55 21 3873-5242
Fax: 55 21 2541-8148
e-mail: rec@ie.ufrj.br