Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

A REVISBRATO não cobra a submissão, avaliação, revisão, tradução e publicação de artigos. Todo o processo editorial é gratuito para os autores e autoras.

A submissão do manuscrito deverá respeitar as diretrizes indicadas pelo corpo editorial, sendo estas, critérios para aceite. É sugerido aos autores que façam um checklist, uma revisão, quanto à estrutura do artigo antes de submetê-lo a revista. Seguir a orientação do formato Vancouver. Os artigos que não atenderem aos itens mencionados poderão ser devolvidos aos autores para adequação, ou recusados, anteriormente à avaliação pelos Revisores ad hoc, conforme decisão do editor. Os manuscritos deverão ser submetidos no seguinte endereço eletrônico: https://revistas.ufrj.br/index.php/ribto

Seguem abaixo as diretrizes para elaboração da: 1) Folha de Rosto e 2) Estrutura do Manuscrito (texto), que devem ser submetidas em arquivos separados. 

ATENÇÃO: A FOLHA DE ROSTO DEVE SER SUBMETIDA EM ARQUIVO SEPARADO DO CORPO DO TEXTO.

1)    Folha de rosto

Abrange as seguintes informações: título, autores, contato de todos os autores (instituição e email), endereço de comunicação do autor principal do artigo, Grupos de Pesquisa cadastrados no CNPq/CAPES, Programas de Pós-graduação (strito senso) e fontes de financiamento (se houver).

Título: Conciso e informativo. Obrigatoriamente deve ser escrito em três línguas: português, inglês e espanhol. A ordem das línguas deve seguir os seguintes critérios: a primeira língua do título deve ser aquela, na qual originalmente será descrito o corpo do manuscrito (texto), e em seguida as demais, respeitando a língua originária do país sede da revista, no caso o português, e em seguida, a língua restante. O título principal deve estar em fonte Times New Roman, 14, negrito e caixa alta, centralizado em relação ao texto. Os demais títulos traduzidos, devem estar em fonte 12 somente.

Abaixo exemplificamos as possibilidades de ordem dos títulos por idioma e a sua formatação.

Exemplo 1 - quando o texto é escrito em lingua portuguesa:

AS COMPETÊNCIAS DO PROFISSIONAL TERAPEUTA OCUPACIONAL INSERIDO EM POLÍTICAS CULTURAIS

The skills of the professional occupational therapist inserted into cultural policies

Las competências de el profesional terapeuta ocupacional insertado en las políticas culturales

 

Exemplo 2- quando o texto é escrito em lingua inglesa:

THE SKILLS OF THE PROFESSIONAL OCCUPATIONAL THERAPIST INSERTED INTO CULTURAL POLICES

As competências do profissional terapeuta ocupacional inserido em políticas culturais

Las competências de el profesional terapeuta ocupacional insertado enl as políticas culturales

Exemplo 3- quando o texto é escrito em lingua espanhola:

LAS COMPETENCIAS DE EL PROFESIONAL TERAPEUTA OCUPACIONAL INSERTADO EN LAS POLITICAS CULTURALES

As competências do profissional terapeuta ocupacional inserido em políticas culturais

The skills of the professional occupational therapist inserted into cultural policies

 

Com asterisco no título, deve ser informado, em nota de rodapé, se o manuscrito é parte de pesquisa, se possui fomento (financiamento de órgãos de pesquisa públicos ou privados, ou de outros órgãos como instituições e empresas), e se o trabalho já foi apresentado, em sua totalidade ou parte, em eventos científicos.

Autores: Nome completo dos autores abaixo do último título, suas localizações institucionais, cidade e país, seguido do endereço eletrônico (email).

Contato: Somente do autor principal. Deve-se indicar, em nota de roda pé, o endereço de correspondência (instituição/residência, rua, CEP, cidade, unidade da federação, país)e telefone para contato.

Agradecimentos: Se houver, devem mencionar somente os nomes das pessoas ou órgão institucionais, de forma suscinta.

Contribuição dos autores: O(s) autor(es) deve(m) definir a contribuição efetiva de cada um no trabalho. Indicar qual a colaboração de cada autor com relação ao material enviado (i.e.: concepção do texto, organização de fontes e/ou análises, redação do texto, revisão etc.).

2)    Estrutura do Manuscrito (texto)

Os manuscritos podem ser apresentados em língua portuguesa, inglesa ou espanhola. Devem ser digitados em arquivo Microsoft Word 2007 ou posterior, folha tamanho A4, margens de 2,5 cm, espaço do texto de 1,5 entre linhas, letra Times New Roman, fonte 12. Todos os parágrafos devem começar na coluna 1, sem tabulação (espaçamento de parágrafo).


2.1. Resumo, Abstract e Resumen:

Refletem os fundamentos do trabalho em sua totalidade. Devem preceder o texto e obrigatoriamente devem ser escritos nas três línguas (português, inglês e espanhol), respeitando a mesma ordem dos títulos. Devem conter O máximo de palavras indicadas em cada seção, descrita a seguir. Preferencialmente, adotar explicitação da estrutura do trabalho; no caso de Artigos Originais devem obrigatoriamente seguir: Introdução, Objetivos, Métodos, Resultados/Discussão e Conclusões.

(Descritores) - Palavras-chave, Keywords e Palabrasclave. De três a seis, escritas nas três línguas obrigatórias, apresentadas após cada resumo. As palavras-chave deverão vir separadas por vírgulas. Obrigatoriamente deve ser consultado o DeCS (Descritores em Ciências da Saúde – http://decs.bvs.br) e/ou o Sociological Abstracts para verificar a validação dos descritores.

 

2.2. Estrutura do texto para Artigos Originais:


Os artigos originais devem seguir as indicações (critérios) e ter no máximo 6.000 (seis mil) palavras (não incluíndo referências) e máximo 5 (cinco) ilustrações. Os apêndices devem ser colocados ao final do trabalho, somente quando extremamente necessários.

Resumo: Devem ter obrigatoriamente no mínimo 150 palavras e, no máximo, 250. 

Introdução: Deve contemplar a apresentação e/ou justificativa do trabalho, sua relação com outras publicações, esclarecendo o estado atual em que se encontra o objeto investigado e/ou apresentando a base teórica adotada. No último parágrafo deve ser descrito o objetivo.

Materiais e Métodos: Inclui a descrição das ferramentas e procedimentos empreendidos para o desenvolvimento do trabalho, a caracterização do contexto da pesquisa e/ou da população estudada, o período de realização, o referencial teórico e/ou as técnicas escolhidas para a análise de dados e/ou discussão do tema proposto. 

Resultados: Descreve a exposição objetiva do que foi observado em relação aos objetivos propostos. Pode ser apoiado em gráficos e tabelas. 

Discussão: Apresenta a relação teórica e argumentativa com os resultados obtidos, estabelecendo compatibilidade ou não com resultados anteriores de outros autores e/ou dialogando com o referencial teórico adotado. 

Conclusões ou Considerações Finais: Apresentam as considerações fundamentadas dos Resultados e Discussão. Devem responder ao objetivo inicial.

Referências: Seguir a orientação do formato Vancouver. Devem ter obrigatoriamente o mínimo de 10 referências e no máximo 30. 

Não é necessário que o texto seja subdividido em seções com os títulos propostos acima ou mesmo, que recebam estes nomes. É importante que sua estruturação contemple esses aspectos.

 

2.3. Estrutura para Artigo de Revisão:

Devem constar os elementos: resumo, introdução, objetivo, metodologia, discussão e considerações finais/conclusão. Não precisam estar descritos, enquanto subtítulos desta forma. Devem obrigatoriamente ter no máximo 6.000 (seis mil) palavras (não incluindo referências e resumos), e no máximo 5 ilustrações, quando houver. Seguir a orientação do formato Vancouver.

 

2.4. Estrutura do texto para Análise da Prática:

O texto deve ter no máximo 2.000 (duas mil) palavras (não incluindo referências e resumos). Artigos que não atendam à estes critérios poderão ser rejeitados na avaliação. Obrigatoriamente o máximo de 5 (cinco) ilustrações, quando houver.

Resumo: Deve estar estruturado e conter no máximo 100 palavras. Deve apresentar na ordem a estruturação do texto. Não devem ser incluídas as referências no resumo. Não colocar abreviações ou siglas, estas devem ser escritas por extenso, a menos que seja absolutamente necessário. Se você tem que usar uma abreviatura você deve indicá-lo na íntegra pela primeira vez, e também reafirmar o nome completo com abreviatura na primeira menção no texto principal. 

Tabelas e figuras: Podem ser colocadas somente no corpo do texto, seguindo os mesmos critérios já apresentados acima.

Apêndices: Apenas inclua quando realmente necessário para a avaliação das informações no texto. Estes devem ser inseridos em metadados.

Contextualização: O contexto da prática deve ser apresentado, de forma breve. Não deve ser colocada a fundamentação teórica, somente o contexto da prática. Aqui deve estar explicitada a questão terapêutica ocupacional, ou da prática geral. Obrigatoriamente deve conter 50 palavras.

Processo de Intervenção/acompanhamento: Descreve os procedimentos/decisões que foram tomadas na prática (avaliações utilizadas, recursos e tecnologias, diagnóstico proposto, procedimentos e abordagens utilizados, e modelos de sustentação para o raciocínio).

Análise crítica da prática: Argumentações e reflexões sobre o modo como a prática apresentada é informada e/ou relacionada ás teorias e políticas relevantes à Terapia Ocupacional e/ou campos interdisciplinares.

Síntese de considerações: Uma breve descrição objetiva que destaca questões para considerações futuras e/ou que responda à questão apresentada no contexto da prática. Esta não deve ultrapassar o limite de 50 palavras.

Referências: Seguir a ordenação do formato Vancouver. Devem ter no mínimo 5 referências e no máximo 20.


2.5. Estrutura do texto para Estudos de Caso para o Ensino:

Descreve a estrutura de um projeto pedagógico e político em educação na Terapia Ocupacional. Deve  ter no máximo 4.000 (quatro mil) palavras (não incluindo as referências e resumos) e no máximo 5 (cinco) ilustrações, quando houver. Artigos que ultrapassem o indicado poderão ser recusados para publicação.

Resumo: Apresenta uma síntese de todos os elementos do estudo de caso educacional. Deve ter no máximo 250 palavras.

Introdução: Apresenta o problema do caso/projeto e as principais fundamentações teóricas.

Objetivo: Descreve objetivamente o objetivo do projeto.

Metodologia e plano de trabalho: Descreve os caminhos (materiais, feramentas e métodos) utilizados para o desenvolvimento do projeto educaccional.

Discussão do caso: Descreve as reflexões e implicações teóricas, políticas e éticas do projeto educacional em Terapia Ocupacional.

Considerações finais: Descreve uma síntese das conclusões e apontamentos dos efeitos do problema levantado, sob a metodologia e processo de trabalho utilizados.

Referências: Seguir a orientação do formato Vancouver. Obrigatoriamente devem ter no mínimo 5 referências e no maximo 20.

 

2.6.Estrutura do texto para Temas da Atualidade:


O texto deve ter no máximo 4.000 (quatro mil) palavras (não incluindo referências e resumos) e devem ter no mínimo 5 referências e no máximo 20. Seguir a orientação do formato Vancouver. E obrigatoriamente 5 (cinco) ilustrações, quando houver. Artigos com mais do que isso poderão ser rejeitados na avaliação. Nas entrevistas e notas de palestras, é obrigatório o termo de autorização do uso de imagens e discurso, que está disponibilizado no site da REVISBRATO na aba "Declaração de Direitos Autorais", que devem obrigatoriamente ser submetida na aba documentos suplementares.


2.8. Estrutura para a construção de Tabelas e Figuras no corpo do manuscrito:


-Tabelas: Devem estar citadas no texto através de numeração crescente (ex.: tabela 1, tabela 2, tabela 3) e apresentar legenda numerada correspondente à sua citação. As tabelas deverão ser apresentadas em formato editável (indica-se, preferencialmente, o uso do programa Microsoft Word 2007 ou posterior para preparação e envio das tabelas em formato.doc). Tabelas devem estar também devidamente identificadas e em escala de cinza e inseridas no texto e não ao final do documento, na forma de anexos. Todo quadro deve ser nomeado como tabela em sua parte superior.

-Figuras: As figuras (diagramas, gráficos, imagens e fotografias) devem ser fornecidas em alta resolução (300 dpi), em JPG ou TIF, coloridas ou em preto e branco, e devem estar perfeitamente legíveis. Toda figura deve estar citada no texto através de numeração crescente (ex.: figura 1, figura 2, figura 3) e deve apresentar legenda numerada correspondente. As figuras devem estar inseridas no texto, em formato editável, e não ao final do documento, na forma de anexos. Todo diagrama, gráfico, imagem e/ou fotografia deve ser nomeado(a) como figura na sua parte inferior.

2.9. Estrutura para a submissão de Imagens para Capa da Revista

As imagens podem ser fotografias, desenhos e obras em geral relacionadas a prática terapêutica ocupacional e/ou interdiscipinar e interprofissionais. As imagens deverão ser submetidas em formato JPG ou GIF ou PNG. Além da imagem deve ser encaminhado um arquivo em word com descrição sobre o contexto de produção imagem.  No momento da submissão descreva, na própria plataforma, em resumo e metadados o contexto de produção da imagem. 

Os autores deverão encaminhar junto a imagem a carta de autorização do uso de imagem e discurso assinadas por todos os autores. É obrigatório também que os autores da imagem encaminhem seu nome, instituição que está vínculado e endereço eletrônico e postal. Será permitida o envio somente de uma foto por autor(s). A decisão pelo aceite da imagem para publicação será de responsabilidade dos editores.

 

3. Citações e Referências

A Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional – REVISBRATO adota as normas de Vancouver.

 

3.1. Citações no texto:

As citações de fontes consultadas variam em decorrência da inserção no texto. Todas as citações devem ser numeradas pela sua ordem de aparecimento no texto. Sempre que a citação de um dado autor for citada pela primeira vez no texto, esta deverá ser descrita com o seu nome seguido da numeração. Nas demais, somente destacar sua numeração de aparecimento no texto.

3.2. Citação direta:acontece quando a fonte textual é transcrita na íntegra: Deve ser colocada entre aspas (“) quando inserida dentro do parágrafo e não atinge mais que três linhas. Exemplo:

... “nos tira de uma posição predominantemente contemplativa mediada pela distância e nos localiza em um cenário estético” (p. 70)²

3.3. Citação direta no texto com mais de 3 linhas: Deve ser destacada com recuo de 4 cm da margem esquerda (1 tab) com fonte 10 (sem colocar a citação entre aspas). Deve ser indicada por página e numerado por ordem da referência como aparece no texto..

O reformismo de maneira alguma favorecerá a relação saúde/mudança social, como mudança revolucionária, pois, ao contrário, é uma forma de camuflar, a preservação do sistema. Não é apenas aperfeiçoando as instituições de saúde ou dotando-as de melhores recursos tecnológicos que se mudará a sociedade. Nos deteremos apenas no entendimento da saúde como mudança revolucionária (p. 64)³.

3.4. Citação indireta ou livre: acontece quando o autor do manuscrito reproduz o conteúdo, a ideia, do documento original. É descrita no próprio corpo do texto e deve ser indicado, em qualquer parte, o autor original. Exemplo:

Segundo Feriotti6 compreender a dimensão do conhecimento...

3.5. Citação da fonte secundária (citação de citação):Trata-se de uma obra (secundária) que referencia a obra primária. Deve ser utilizada somente quando as fontes primárias não estão mais disponíveis em edição ou desatualizadas. Deve ser utilizdo o termo apud (em itálico). Exemplo:

“Essa condição influência e explica a reação emocional quando ocorre uma perda significativa, dentre elas, uma perda relacionada à atividade ocupacional” (Freitas17apud Correia4, p. 161).

3.6. Citação referente a trabalhos de três ou mais autores: Até dois autores, ambos devem ser citados/descritos. Quando a obra foi escrita por mais de dois autores deve ser descrito o nome do primeiro autor seguido de et al (em itálico). Exemplo:

3.6.1. Citação indireta:

Ariño et al8 destacam que nenhum fenômeno relacionado a desastres ambientais... ou

3.6.2. Citação direta:

“Ningún desastre puede ser entendido de manera aislada” (Ariño et al, p. 206)8

4. Referências:

Devem ser organizadas e descritas pela ordem de aparecimento no texto pelo último sobrenome do primeiro autor. Todos os autores dos trabalhos devem ser citados. Coloca-se primeiro o último sobrenome do autor (não colocar em caixa alta) seguido do nome e sobrenomes sem vírgulas entre si. Os títulos dos textos devem estar em negrito. Os títulos dos periódicos devem ser abreviados pela “List of Journals Indexed in Index Medicus”. A REVISBRATO sugere que sejam utilizadas 30 referências no máximo (seguir as orientações de cada seção). O texto de referências não deve ser justificado. Sugerimos, no caso de artigos em periódicos, a colocação de DOI, quando houver.

A seguir, são apresentadas referências de diversos tipos de documentos.

4.1. Livro:

- De Carlo MMRP; Bartalotti CC. Terapia Ocupacional no Brasil: fundamentos e perspectivas. 2ª ed. São Paulo. Plexus Editora; 2001.

4.2. Capítulo de livro:

Dorneles P. Acessibilidade Cultural uma nova atuação dos terapeutas ocupacionais. In: Santos, V, dos; Gallassi, A, D. Questões Contemporâneas da Terapia Ocupacional na América do Sul. 1ª ed. Curitiba. Editora CRV; 2014, p. 151-158.

4.3. Artigo de periódico:

Morato GG; Lussi IAO. A prática do terapeuta ocupacional em iniciativas de geração de trabalho e renda: contribuição dos fundamentos da profissão e das dimensões da categoria trabalho. Rev Ter. Ocup.Univ. São Paulo. 2015; 26(1):66-73.

4.4. Tese:

Pina-Oliveira AA. Avaliação translacional de extensão em núcleos acadêmicos (ATENA): estudos de casos múltiplos sobre a promoção do desenvolvimento infantil. [Tese]. São Paulo: Universidade de São Paulo; 2014.

4.5. Documentos eletrônicos:

Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito). Resolução n°383, de 22 de dezembro de 2010. Define as competências do terapeuta ocupacional nos contextos sociais e dá outras providências. Diário Oficial da república Federativa do Brasil, Brasília, DF, 25 dez. 2010. Disponível em: <http://www.coffito.org.br/publicacoes/pub_view.asp?cod=1960&psecao=9> Acesso em: 17 de dezembro de 2015.

5. Revisão Ortográfica

Após a fase de apreciação e avaliação pelos pares a cega, os textos com os pareceres serão encaminhados aos autores, pelos editores. Quando aprovados para publicação,  deverão ser submetidos à revisão ortográfica (todo o texto), incluindo suas versões em português e/ou inglês e/ou espanhol. O(s) autor(es) do artigo deverá(ão) arcar com o custo desse trabalho e com a qualidade do mesmo. 

Até o presente momento a REVISBRATO não possui uma política institucional de editoração para tarefas de revisão ortográfica, assim como, não possui valores fixos sobre os custos financeiros deste tipo de serviço. No entanto, o gerenciamento editorial da REVISBRATO possui a "avaliaçào de prova", que consiste na revisão de um editor de toda a ortografia do texto.

O editor irá orientar o (s) autor(s) que após a revisão ortográfica deverá submeter novamente o texto pela plataforma da REVISBRATO, e o mesmo será apreciado pelos avaliadores, que irão fazer a avaliação de prova, que consiste em última  revisão do texto para publicação. Caso as orientações não sejam seguidas, e quando não, sem as devidas justificativas, os textos serão rejeitados.

Justifica-se a elaboração de revisão ortográfica para a garantia da habilidade de comunicação escrita dos textos a serem publicados e a sua leitura pelo público nacional e internacional.


6. Tradução do manuscrito

Os autores poderão ter seus manuscritos traduzidos para as duas línguas, e publicizados nas três versões de idiomas. No entanto, estas serão feitas pela REVISBRATO, e o autor (es) será (ão) informado(s), quando em aceite, dos valores em dinheiro dos custos deste trabalho.

Até o presente momento a REVISBRATO náo possui uma política institucional de tradução de manuscritos, assim como, não possui valores fixos sobre os custos financeiros deste tipo de serviço, que serão feitos por prestação de terceiros. Importante destacar que a decisão pela tradução é de liberdade do(s) autor(s), não sendo tal etapa obrigatória.

 

 

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  2. O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  3. URLs para as referências foram informadas quando possível.
  4. O texto está em espaço de 1,5 entre linhas; usa uma fonte Times New Roman de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, os apêndices estão ao final do texto.
  5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  6. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
 

Declaração de Direito Autoral

Declaração e Transferência de Direitos Autorais

O periódico REVISBRATO – Revista interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional é publicado conforme o modelo de Acesso Aberto e optante dos termos da licença Creative Commons BY (esta licença permite a distribuição, remixe, adaptação e criação a partir da obra, mesmo para fins comerciais, desde que os devidos créditos sejam dados aos autores e autoras da obra, assim como da revista. Mais detalhes disponíveis no site http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/).


Declaração de Responsabilidade, Conflito de Interesse, Transferência de Direitos Autorais e Concordância com Licença de Acesso Aberto

Certifico que participei da concepção do trabalho (colocar título) para tornar pública minha responsabilidade pelo seu conteúdo, bem como que apresentei as informações pertinentes sobre as fontes de recursos recebidos para o desenvolvimento da pesquisa. Afirmo não haver quaisquer ligações ou acordos entre os autores e fontes de financiamento que caracterizem conflito de interesse real, potencial ou aparente que possa ter afetado os resultados desse trabalho. Certifico que quando a pesquisa envolveu experimentos com seres humanos houve apreciação e aprovação de Comitê de Ética de instituição pertinente e que a divulgação de imagens foi autorizada, assumindo inteira responsabilidade pela mesma. Assim como, certifico que em pesquisas com seres humanos no campo da Ciências Sociais e Antropologia, que seguem caminhos metodológicos distintos ao campo da saúde, serão reportados de forma ética. Certifico que o texto é original e inédito, ou seja, o trabalho, em parte ou em sua íntegra, ou qualquer outro material de minha autoria com conteúdo substancialmente similar não é duplicado e não foi enviado a outro periódico, no formato impresso ou eletrônico. Afirmo ciência dos riscos caso meu trabalho tenha sido identificado como fruto de plágio e autoplágio. Os autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Atesto que, se solicitado, fornecerei ou cooperarei totalmente na obtenção e fornecimento de dados sobre os quais o texto está baseado, para exame dos editores.

Local e data:

Nome completo do(s) autor(es) e assinatura:

 

- Uso de imagens e discursos

Quando um autor submeter imagens para capa, que não correspondam a pesquisas em formato de artigo e que não tenham obrigatoriedade de autorização de Comitê de Ética, assim como seções: Temas da Atualidade e Memória da Terapia Ocupacional, deverá obrigatoriamente submeter, via metadados o TERMO DE CESSÃO DE DIREITO DE USO DA IMAGEM E DE DISCURSO. Somente é necessário que o autor principal assine o termo e o descreva conforme o modelo abaixo em word.

 

TERMO DE CESSÃO DE DIREITO DE USO DA IMAGEM E DE DISCURSOS

Eu,___________________________________________________________________, portador da carteira de identidade n° _______________________ emitida por ____________da UF ____, data de expedição _______________, autor principal pelo manuscrito ou autor de capa, intitulada, ou com a seguinte temática __________________________________________________________, oriundo da Instituição: ___________________________________, autorizo o uso da(s) imagem(s) e/ou discurso(s) para fins de divulgação e publicidade, concedendo todos os direitos reservados à Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional – REVISBRATO.

 (Local), _________ de ____________________ de _________

 

Assinatura

 

 

 


No momento da submissão do artigo, os autores devem encaminhar a Declaração de Responsabilidade, Conflito de Interesse e Transferência de Direitos Autorais segundo modelo abaixo, assinada por todos os autores. O termo deve seguir o modelo descrito abaixo, redigo sem espaçamento de parágrafos (em texto corrido). A declaração deve ser feita em Word e anexada em metadados.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.