Uma equipe colaborativa enfrentando a pandemia: a perspectiva de uma terapeuta ocupacional em um serviço de saúde mental infantil/A collaborative team facing the pandemic: the perspective of an occupational therapist in children's mental health service

Cinthia Alves de Araújo Bissa, Lucia da Rocha Uchôa-Figueiredo

Resumo


Objetivo: apresentar como uma equipe de saúde mental infantil se reinventou para manter o cuidado, em meio à pandemia de COVID-19, e destacar a participação da terapia ocupacional nesse processo. Síntese dos elementos do estudo: foi necessária parceria e diálogo para superar os desafios, reconstruir o fluxo interno e adotar novas ações. A terapia ocupacional se destacou devido suas contribuições para qualificar e adaptar o cotidiano da população atendida, bem como sua preocupação, sempre presente, com as pessoas em maior vulnerabilidade.  Conclusão: A pandemia evidencia a necessidade de uma equipe colaborativa, baseando-se na integralidade e colocou o trabalho da terapia ocupacional em evidência.

Palavras-chave: Terapia Ocupacional. Equipe multiprofissional. Covid-19. Saúde Mental


Abstract

Objective: Presenting how a team of children’s mental health workers reinvented themselves in order to keep on providing care in the midst of the COVID-19 pandemic and to highlight the participation of occupational therapy in this process. Synthesis of the study elements: partnership and dialogue were needed to overcome the challenges, rebuild the internal flow, and adopt new actions. Occupational therapy stood out due to its contributions to qualify and adapt the daily life of the population served, as well as its ever-present concern for the most vulnerable people. Conclusion: Pandemic highlights the need for a collaborative team, based on integrality, and put the work of occupational therapy in evidence.

Keywords: Occupational Therapy. Health Care Team. COVID-19. Mental Health.

 

Resumen

Objetivo: Presentar como un equipo de salud mental infantil se reinventó para mantener los cuidados en medio a la pandemia de COVID’19 y destacar la participation de la terapia ocupacional en este proceso.. Síntesis de los elementos de estudio: Ha sido necesario trabajo en equipo y dialogo para superar los desafíos, reconstruir el eje interno y adoptar nuevas acciones. La terapia ocupacional se destacó debido sus contribuciones para calificarse y adaptarse al cotidiano de la población atendida, así como, su preocupación siempre presente con las personas con nivel más grande de vulnerabilidad. Conclusión: La pandemia evidencia la necesidad de un equipo colaborativo, basándose en la integridade, y poner en evidencia el trabajo de la terapia ocupacional.

 Palabras clave: Terapia Ocupacional. Equipo Multiprofesional. Covid-19. Salud Mental


Palavras-chave


Terapia Ocupacional. Equipe Multiprofissional. COVID-19. Saúde Mental.

Texto completo:

PDF

Referências


American Occupational Therapy Association (2015). Estrutura da prática da Terapia Ocupacional: domínio & processo. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, 26(3), 1-49. http://dx.doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v26iespp1-49

Brandão, A. T., Lima, C. C., Mesquita, G. S. & Costa, W. D. (2020). Impactos da pandemia de coronavírus em um Caps Infantojuvenil do Distrito Federal. Health Residencies Journal, 1(1), 01-20. https://doi.org/10.51723/hrj.v1i1.19

Cid, M.F.B., Fernandes, A.D.S.A., Morato, G.G., & Minatel, M.M. (2020). Atención Psicosocial y Pandemia de COVID-19: Reflexiones sobre la Atención a Infancia y Adolescencia que Vive en Contextos Socialmente Vulnerables. Multidisciplinary Journal of Educational Research, 10(2), 178-201. http://dx.doi.org/10.447/remie.2020.5887

Corrêa V.A.C., Nascimento C.A.V. & Omura K.M. (2020). Isolamento social e ocupações. Rev. Interinst. Bras. Ter. Ocup. Suplemento, 4(3), 351-369. https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto34486

Dutra, E. B., Lemos, A. S. P. & Guizardi, F. L. (2020) Trabalho em equipe para a construção de práticas colaborativas na saúde. In: Dutra, E. B., Guizardi, F. L. & Passos, M. F. D. (Eds.), Em mar aberto: colaboração e mediações tecnológicas na educação permanente em saúde (pp. 183-215). Rede Unida

Farias, M. N., & Leite Junior, J. D. (2021). Vulnerabilidade social e Covid-19: considerações com base na terapia ocupacional social. Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional, 29, e2099. https://doi.org/10.1590/2526-8910.ctoEN2099

Merhy, E.E. (2002). Saúde: a cartografia do trabalho vivo. São Paulo: Hucitec

Minervino, A.J., Oliveira, M. B., Cunha, K. A. L. & Almeida, Y, T. (2020). Desafios em saúde mental durante a pandemia: relato de experiência. Revista Bioética, 28 (4), 647-54. http://dx.doi.org/10.1590/1983-80422020284428

Brasil (2020). Sobre a doença. Explica e orienta sobra a doença COVID-19. Site do Ministério da Saúde brasileiro. https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca

Morrison, R., & Silva, C. (2020). Terapia ocupacional en tiempos de pandemia. Revista Chilena de Terapia Ocupacional, 20(1), 7-12. doi:10.5354/0719-5346.2020.57813

Organização Mundial da Saúde (2010). Marco para ação em educação interprofissional e prática colaborativa. Genebra, Suíça. https://www.paho.org/bra/images/stories/documentos/marco_para_acao.pdf

Organização Mundial da Saúde (2020ª, 12 março). WHO announces COVID-19 outbreak a pandemic. https://www.euro.who.int/en/health-topics/health-emergencies/coronavirus-covid-19/news/news/2020/3/who-announces-covid-19-outbreak-a-pandemic

Organização Mundial da Saúde (2020b, 18 março). Mental health and psychosocial considerations during the COVID-19 outbreak. https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/mental-health-considerations.pdf

Pastore, M. D. N. (2021). Infâncias, crianças e travessias: em que barcos navegamos? Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional, 29, e2797. https://doi.org/10.1590/2526-8910.ctoEN2116

Brasil (2002). Portaria 336, de 19 de fevereiro de 2002. Estabelece que os Centros de Atenção Psicossocial poderão constituir-se nas seguintes modalidades de serviços: CAPS I, CAPS II e CAPS III, definidos por ordem crescente de porte/complexidade e abrangência populacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2002/prt0336_19_02_2002.html

Silva M.R., Silva P.C., Rabelo H.D. & Vinhas B.C.V. (2020) A Terapia Ocupacional pediátrica brasileira diante da pandemia da COVID-19: reformulando a prática profissional. Rev. Interinst. Bras. Ter. Ocup. 4(3), 422-437. https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto34171

Yasui, S. (2009). A atenção psicossocial e os desafios do contemporâneo: um outro mundo é possível. Cad. Bras. Saúde Mental, 1(1), 1-9, CD-ROOM.




DOI: https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto41840

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

   

           

   Resultado de imagem para REDIB