Pesquisa ou Propaganda? Análise da Literatura Acadêmica Brasileira sobre o Relato Integrado

Paulo Frederico Homero Junior

Resumo


O objetivo deste artigo é identificar como os discursos oriundos do International Integrated Reporting Council (IIRC) são apropriados pela literatura acadêmica brasileira sobre o Relato Integrado. Para tanto, foram identificados e analisados 34 artigos publicados em periódicos e congressos. Para identificar os autores e instituições mais produtivos, mapeou-se a rede de coautorias da amostra. Através da leitura dos artigos, suas abordagens em relação à responsabilidade social corporativa e à contabilidade socioambiental foram categorizadas conforme proposto por Brown e Fraser (2006). Além disso, os artigos foram classificados também quanto a suas formas de apropriação dos discursos oriundos do IIRC e quanto a suas metodologias. Os resultados revelam uma rede de coautorias fragmentada e pouco densa, a ausência de abordagens críticas e uma hibridização entre as abordagens business case e stakeholder-accountability. Usualmente, os discursos oriundos do IIRC são reproduzidos sem qualquer tipo de contestação. Além disso, as obras mais referenciadas têm autores formalmente vinculados ao IIRC e possuem uma nítida orientação de divulgação do Relato Integrado. Dentre os procedimentos metodológicos, prevalecem avaliações da conformidade de relatórios corporativos às diretrizes do IIRC através de checklists. Em conjunto, tais evidências corroboram o argumento de que o campo acadêmico na contabilidade brasileira possui um baixo grau de autonomia em relação ao campo profissional, avançando na identificação de mecanismos através dos quais a influência do campo profissional se dissemina no meio acadêmico. Em termos práticos, os resultados desta pesquisa sugerem que o engajamento da comunidade acadêmica brasileira com o projeto do Relato Integrado não contribui para suprir a ausência de diversidade nas perspectivas sociopolíticas dos agentes que compõem as estruturas de governança do IIRC.

Pesquisa ou Propaganda? Análise da Literatura Acadêmica Brasileira sobre o Relato Integrado


Palavras-chave


Relato Integrado; Campo científico; Pesquisa contábil brasileira

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, N. J. F. et al. Relato Integrado e o Formato da Informação Financeira para Evidenciar a Criação de Valor das Empresas do Programa Piloto. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, v. 5, n. 3, p. 99--122, 30 ago. 2017. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

ANDON, P.; FREE, C.; O'DWYER, B. Annexing new audit spaces: challenges and adaptations. Accounting, Auditing & Accountability Journal, v. 28, n. 8, p. 1400--1430, 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

BERGER, P. L.; LUCKMANN, T. The Social Construction of Reality: a Treatise in the Sociology of Knowledge. London: Penguin, 1967.

BORGATTI, S.; EVERETT, M.; FREEMAN, L. Ucinet 6 for Windows: Software for Social Network Analysis. Harvard, MA: Analytic Technologies, 2002.

BOURDIEU, P. Le champ scientifique. Actes de la recherche en sciences sociales, v. 2, p. 88--104, 1976. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

BOURDIEU, P. Homo Academicus. Paris: Les Éditions de Minuit, 1984.

BOURDIEU, P. The peculiar history of scientific reason. Sociological Forum, v. 6, n. 1, p. 3--26, 1991. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

BROWN, J.; DILLARD, J. Integrated reporting: On the need for broadening out and opening up. Accounting, Auditing & Accountability Journal, v. 27, n. 7, p. 1120--1156, 2014. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

BROWN, J.; FRASER, M. Approaches and perspectives in social and environmental accounting: an overview of the conceptual landscape. Business Strategy and the Environment, v. 15, n. 2, p. 103--117, mar. 2006. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

CARVALHO, N.; KASSAI, J. R. Relato Integrado: A Nova Revolução Contábil. Revista Fipecafi, v. 1, p. 21--34, 2014.

COMISSÃO BRASILEIRA DE ACOMPANHAMENTO DO RELATO INTEGRADO. Relato Integrado Brasil. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2017.

COSTA, F.; MARTINS, G. D. A. Influências da socialização acadêmica no desenvolvimento das publicações científicas em contabilidade no Brasil: uma análise dos programas de pós-graduação stricto sensu. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), v. 10, n. 3, p. 314--331, 2 ago. 2016a. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

COSTA, F.; MARTINS, G. D. A. Características epistemológicas de publicações científicas em Contabilidade: evidências de um cenário produtivista. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 13, n. 29, p. 33, 26 ago. 2016b. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

ECCLES, R. G.; KRZUS, M. P. Relatório único: divulgação integrada para uma estratégia sustentável. São Paulo: Saint Paul, 2011.

FLOWER, J. The international integrated reporting council: A story of failure. Critical Perspectives on Accounting, v. 27, p. 1--17, 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

FREITAS, B. F. G. DE; FREIRE, F. DE S. Relato Integrado: Um estudo da aderência da estrutura conceitual proposta pelo IIRC no Relatório Socioambiental do Conselho Federal de Contabilidade. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 12, n. 1, p. 77--92, 17 mar. 2017. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

GARCIA, S. et al. Qualidade da divulgação socioambiental: um estudo sobre a acurácia das informações contábeis nos relatórios de sustentabilidade. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 12, n. 25, p. 67--94, 22 maio 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

HOMERO JUNIOR, P. F. Paradigma e Ordem do Discurso da Pesquisa Contábil Brasileira. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 10, n. 1, p. 039--053, 30 abr. 2017a. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

HOMERO JUNIOR, P. F. A Constituição do Campo Científico e a Baixa Diversidade da Pesquisa Contábil Brasileira. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), v. 11, n. 3, p. 314--328, 11 jul. 2017b. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

INTERNATIONAL INTEGRATED REPORTING COUNCIL. A Estrutura Internacional para Relato Integrado. Disponível em: . Acesso em: 30 jul. 2017.

INTERNATIONAL INTEGRATED REPORTING COUNCIL. Integrated Reporting . Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2017.

KASSAI, J. R.; CARVALHO, L. N. Relato Integrado: a próxima revolução contábil. In XV Engema. Anais...São Paulo: 2013. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

KUHN, T. S. A estrutura das revoluções científicas. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 1998.

LINKEDIN. Mike Krzus. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2017.

MACIEL, P. A.; CINTRA, Y. C. De Único a Integrado: a História Recente da Evolução dos Relatórios Corporativos. In IV CSEAR South America. Anais...Salvador: 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

MISOCZKY, M. C.; AMANTINO-DE-ANDRADE, J. Uma crítica à crítica domesticada nos estudos organizacionais. Revista de Administração Contemporânea, v. 9, n. 1, p. 192-210, 2005. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

ROSA, A. R.; ALCADIPANI, R. A terceira margem do rio dos estudos críticos sobre administração e organizações no Brasil: (re)pensando a crítica a partir do pós-colonialismo. RAM. Revista de Administração Mackenzie, v. 14, n. 6, p. 185--215, dez. 2013. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

SANTOS, W. P.; RODRIGUES, R. N.; MIRANDA, C. L. Um Estudo do Posicionamento Adotado pelos Stakeholders sobre a Materialidade e a Responsabilização das Informações Contidas no Relato Integrado. In V Conferência Sulamericana de Contabilidade Ambiental. Anais...Brasília: 2017. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

THE PRINCE'S ACCOUNTING FOR SUSTAINABILITY PROJECT; GLOBAL REPORTING INITIATIVE. Formation of the International Integrated Reporting Committee (IIRC). Disponível em: . Acesso em: 16 dez. 2016.

THOMSON, I. “But does sustainability need capitalism or an integrated report” a commentary on “The International Integrated Reporting Council: A story of failure” by Flower, J. Critical Perspectives on Accounting, v. 27, p. 18--22, 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

TUNICO, F. R. L.; RODRIGUES, R. N. Participação das Empresas dos Países Emergentes na Definição do Framework do Relato Integrado: Análise do Consultation Draft de 2013. In X Seminário UFPE de Ciências Contábeis. Anais...Recife: 2016. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

VILLIERS, C. DE; RINALDI, L.; UNERMAN, J. Integrated reporting: Insights, gaps and an agenda for future research. Accounting Auditing and Accountability Journal, v. 27, n. 7, p. 1042--1067, 2014. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

VOSS, B. DE L.; CARTER, D. B.; SALOTTI, B. M. Hegemonies, Politics, and the Brazilian Academy in Social and Environmental Accounting: A Post-Structural Note. In IV CSEAR South America. Anais...Salvador: 2015.. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.




DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.14550

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Paulo Frederico Homero Junior

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Directory of Open Access Journals SPELL Scholar EBSCO

 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vínculo Institucional:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis 
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 
Av. Pasteur, 250 - Urca - Rio de Janeiro - 22.290-240 
Tel./Fax: (21) 3938-5119

Ficha Catalográfica:

Sociedade, Contabilidade e Gestão [recurso eletrônico]/ Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro. -- v. 1, n. 1, 2° semestre de 2006 -- Rio de Janeiro: UFRJ, 2006-.v. 
Quadrimestral 
Semestral 2006-2012
ISSN 1982-7342

1. Contabilidade e Gestão. I. Universidade Federal do Rio de Janeiro -- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis.