Ganhos Potenciais do Uso do Blockchain na Avaliação do Risco de Crédito

Rafael Xavier de Oliveira, Nilton Oliveira da Silva, Rodrigo de Souza Gonçalves, Jose Alves Dantas

Resumo


O presente estudo buscou apresentar os ganhos potenciais na mensuração do risco de crédito a partir da adoção da tecnologia blockchain. Para isso, foram analisadas as informações contábeis de três grandes empresas brasileiras no período de 2011 a 2018, simulando uma proxy de um novo ambiente informacional a partir do advento do blockchain, propiciando a chamada real-time accounting, com vistas ao monitoramento do risco de crédito. Assim, demonstrou-se como seria o efeito de se obter informações contábeis nesse ambiente (quase de simultaneidade), contrastando com informações trimestrais. Utilizando o modelo Z-score de Altman (1968), constatou-se que a curva do gráfico de risco estimado com os dados diários prediz os dados de risco calculados com as informações trimestrais, ou seja, a tecnologia blockchain pode proporcionar novos benefícios quanto a maior tempestividade de análise, especialmente para o segmento bancário (LEWIS et al., 2017; RÜCKESHÄUSER, 2017) e área de gestão de riscos

Palavras-chave


Risco de Crédito; Blockchain; Z-Score; Real-time accounting

Texto completo:

PDF_DRAFT

Referências


ALTMAN, E. I. Financial ratios, discriminant analysis and the prediction of corporate bankruptcy. The Journal of Finance, v.23, n. 4, p. 589-609, 1968

ANTONOPOULOS, A. M. Mastering Bitcoin: unlocking digital cryptocurrencies. "O'Reilly Media, Inc.", 1st ed., 2014Sebastopol, CA. 2014

BECKER, G. P.; SEIBERT, R. M.; WBATUBA, B. B. R.; SALLA, N. M. C. G. A Inadimplência Empresarial em Instituições Bancárias: um Estudo de Caso em Cobrança Terceirizada. Pensar Contábil, Vol. 18, No. 66, 2016.

BERGER, A. N.; DEYOUNG, R. Problem loans and cost efficiency in commercial banks, Journal of Banking & Finance, Vol. 21 No.6, pp. 849-870, 1997

BOLES, J. R. da S. “Impactos da tecnologia no sistema bancário brasileiro”. Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)). Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Faculdade de Ciências Econômicas. Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina, SC, Brasil, 2017.

BRASIL. Dispõe sobre as Sociedades por Ações. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6404consol.htm (acessado em 15 novembro 2018), 1976.

BRITO, G. A. S.; NETO, A. A. Modelo de classificação de risco de crédito de empresas, Revista Contabilidade & Finanças, Vol. 19 No.46, pp. 18-29, 2018

BYSTRÖM, H. Blockchains, Real-time Accounting, and the Future of Credit Risk Modeling. Ledger, Vol. 4, 2019

CAOUETTE, J. B., ALTMAN, E. I.; NARAYANAM, P. Gestão do risco de crédito: o próximo grande desafio do futuro. Tradução de Allan Hastings. Supervisão técnica João Carlos Douat. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1999. pp. 119-121 e 130-144.

CARDOSO, A. A.; COSTA, E. S.; SILVEIRA, F. A. “Criptomoedas e Blockchain no processo de inovação social”,. In: II Congresso Sul Catarinense de Administração e Comércio Exterior, 20 a 21 junho 2018, Santa Catarina, Brasil, Vol. 2, 2018

CHAIA, A. J. Modelos de gestão do risco de crédito e sua aplicabilidade ao mercado brasileiro. (Dissertação de Mestrado), Universidade de São Paulo, Brasil, 2003.

COCCO, L., PINNA, A.; MARCHESI, M. Banking on blockchain: Costs savings thanks to the blockchain technology, Future Internet, Vol. 9 No.3, pp. 25, 2017.

DANTAS, R. F.; DESOUZA, S. A. Modelo de risco e decisão de crédito baseado em estrutura de capital com informação assimétrica, Pesquisa Operacional, Vol.28 No.2, pp.263-284, 2008.

DUFFIE, D.; LANDO, D. Term Structures of Credit Spreads with Incomplete Accounting Information, Econometrics, Vol. 69 No.3, pp.633-664, 2001.

FANNING, K.; CENTERS, D. P. Blockchain and its coming impact on financial services, Journal of Corporate Accounting & Finance, Vol. 27 No.5, pp.53-57, 2016.

FERREIRA, G. S. Modelo de previsão de entrada em recuperação judicial. (Dissertação de Mestrado) Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, Brasil, 2017.

GONÇALVES, E. B., GOUVÊA, M. A.; MANTOVANI, D. M. N. Análise de risco de crédito com o uso de regressão logística, Revista Contemporânea de Contabilidade, Vol.10 No.20, pp.139-160, 2013.

KATORI, F. Y. Impactos das Fintechs e do Blockchain no sistema financeiro: uma análise crítico-reflexiva (Monografia), Universidade de Brasília, Brasil, 2018.

LAZANIS, R. How technology behind Bitcoin could transform accounting as we know it, TechVibes, January, 22, 2015.

LEWIS, B. R., MCPARTLAND, J. W.; RANJAN, R. Blockchain and Financial Market Innovation, Economic Perspectives, Vol. 4 No.7, pp 1-17, 2017.

LIMA, B. H. N.; HITOMI, F. A. C.; OLIVEIRA, G. S. Aplicação da tecnologia blockchain em ambientes corporativos. FaSCi-Tech, Vol. 1, No. 13, 2018.

MERTON, R. C. On the pricing of corporate debt: The risk structure of interest rates. The Journal of finance, Vol.29 No.2, pp. 449-470, 1974.

MISHKIN, F. S; EAKINS, S. G. Financial markets and institutions, The Prentice Hall series in finance, 7th ed. Boston, MA, 2015

NAKAMOTO, S. Bitcoin: A peer-to-peer electronic cash system, 2008. Disponível em: https://bitcoin.org/bitcoin.pdf. (acessado em 13 setembro 2018)

NOFER, M., GOMBER, P., HINZ, O.; SCHIERECK, D. Blockchain, Business & Information Systems Engineering, Vol.59 No.3, pp.183-187, 2017.

OKUPSKI, K. Bitcoin developer reference. Eindhoven,2014. Disponível em https://bclist.cc/static/upload_media/upload_11515238624028_Bitcoin_Developer_Reference.pdf, (acessado em 30 outubro 2018).

OREIRO, J. L. D. C.; PAULA, L. F. D.; SILVA, G. J. C. D.; ONO, F. H. Determinantes macroeconômicos do spread bancário no Brasil: teoria e evidência recente. Economia Aplicada, Vol.10 No.4, pp.609-634, 2006.

PALEPU, K. G.; HEALY, P. M.; BERNARD, V. L. Business Analysis & Valuation: Using Financial Statements, 3rd ed., Cincinnati, OH: South Western College Pub, 2004.

PETERS, G.W; PANAYI E. Understanding Modern Banking Ledgers Through Blockchain Technologies: Future of Transaction Processing and Smart Contracts on the Internet of Money, In: Tasca P., Aste T., Pelizzon L., Perony N. (eds) Banking Beyond Banks and Money, New Economic Windows. Springer, Cham, 2016.

PIRES, T. P. Tecnologia Blockchain e suas aplicações para provimento de transparência em transações eletrônicas. (Trabalho de Conclusão de Curso - TCC), Departamento de Engenharia Elétrica, Faculdade de Tecnologia, Universidade de Brasília – UnB, Brasília, Brasil, 2016.

ROMAN, D. Como as blockchains podem ser utilizadas para gerar maior confiança na asseguração de dados ambientais, sociais e de governança corporativa. (Dissertação de mestrado.), Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas. São Paulo, SP, Brasil, 2018.

RÜCKESHÄUSER, N. Do We Really Want Blockchain-Based Accounting ? Decentralized Consensus as Enabler of Management Override of Internal Controls, 2017. Disponível em https://aisel.aisnet.org/wi2017/track01/paper/2/, (acesso em 09 outubro 2018).

SCOTT, W. R. Financial accounting theory (Vol. 343). Upper Saddle River, NJ: Prentice Hall, 1997

SWAN, M. Blockchain: Blueprint for a new economy. "O'Reilly Media, Inc.".1st ed., Sebastapol, CA, 2015.

TAPSCOTT, D.; TAPSCOTT, A. La Revolución blockchain: Descubre cómo esta nueva tecnología transformará la economía global, traduzido por Juan Manuel Salmerón, Ediciones Deusto, Barcelona, 2017.

TAVARES, A. L. A eficiência da análise financeira fundamentalista na previsão de variações no valor da empresa (Tese de Doutorado). Programa de Doutorado Multi-institucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UnB / UFPB / UFRN). Brasília, DF, Brasil, 2010.

VASCONCELOS, L. A.; GONÇALVES, R. S.; MEDEIROS, O. R. Contribuição da Análise Financeira Fundamentalista à Concessão de Crédito: Estudo de Caso em uma Instituição Financeira. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Vol. 9 No. , n. 1, pp.25-47, 2014.

WANG, P., WU, L., ASLAM, B.; ZOU, C. C. “A systematic study on peer-to-peer botnets”, In Proceedings of 18th International Conference on Computer Communications and Networks , San Francisco, CA, USA , 3-6 Aug. 2009 (pp. 1-8). IEEE, 2009.

WANG, R.; LIN, Z.; LUO, H. Blockchain, bank credit and SME financing. Quality & Quantity, Vol.53 No.3, pp.1127-1140, 2019.

WARD-BAILEY, J. How bitcoin’s “blockchain” could transform banking, voting, and data? Academic Search Premier, 2016.

YERMACK, D. Corporate governance and blockchains. Review of Finance, Vol.21 No.1, pp.7-31, 2017.

ZEMLIANSKAIA, A. Tecnología blockchain como palanca de cambio en el sector financiero y bancario (Dissertação de Mestrado), Universidad de Sevilla, Espanha, 2017.




DOI: https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.31176

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Rafael Xavier de Oliveira, Nilton Oliveira da Silva, Rodrigo de Souza Gonçalves, Jose Alves Dantas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores: 

Directory of Open Access Journals SPELL Scholar EBSCO

 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vínculo Institucional:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis 
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 
Av. Pasteur, 250 - Urca - Rio de Janeiro - 22.290-240 
Tel./Fax: (21) 3938-5119

Ficha Catalográfica:

Sociedade, Contabilidade e Gestão [recurso eletrônico]/ Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro. -- v. 1, n. 1, 2° semestre de 2006 -- Rio de Janeiro: UFRJ, 2006-.v. 
Quadrimestral 
Semestral 2006-2012
ISSN 1982-7342

1. Contabilidade e Gestão. I. Universidade Federal do Rio de Janeiro -- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis.