Dois verbetes da língua pura: sonho e pulsão

Lucia Castello Branco, Vania Baeta Andrade

Resumo


Partindo da noção de “língua pura”, formulada por Walter Benjamin, em “A
Tarefa do Tradutor”, o texto pretende refletir acerca dos verbetes “sonho” e
“pulsão”, que virão a compor um dicionário de citações de Literatura e Psicanálise, em elaboração.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Lucia Castello Branco, Vania Baeta Andrade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.