Apresentação: poética, a terceira margem

Manuel Antônio de Castro, André Lira, Fábio Santana Pessanha, Jun Shinada

Resumo


“Questionar e pôr em questão é a única tarefa do pensamento”. Eis o grande desafio posto e proposto pelo pensamento de Martin Heidegger. Nele, a certeza em que se funda a modernidade, originada de uma dúvida formal, se vê atingida em sua raiz. Com ela, também é atingida a variação relativista da certeza: a pós-modernidade. Só se desce à raiz questionando. A raiz é sempre a terceira margem, enquanto a história são as margens do tempo. Seu vigor é a terceira margem enquanto o acontecer do questionar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Manuel Antônio de Castro, André Lira, Fábio Santana Pessanha, Jun Shinada

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.