O meu 68: um depoimento

Autores

  • Andrea Lombardi

Resumo

Gostaria de concentrar minha fala, portanto, não sobre “o que foi realmente o 1968” (uma pergunta que, após a crítica ao historicismo por parte de Friedrich Nietzsche, soa ilusória). Gostaria particularmente de enfatizar aqueles elementos que poderão ser de alguma utilidade para nós: nesse momento de desenvolvimento da sociedade brasileira,italiana, internacional: nesse momento desse nosso mundo tão apático, tão adormecido, tão reticente e sem vontade de se enxergar em seu vazio, em sua incapacidade de escutar a si mesmo e, tanto menos, o outro,
em sua incapacidade de vislumbrar o próprio presente e, portanto, o
próprio futuro imediato.

Downloads

Publicado

2017-06-29