Foi assim que aconteceu: o trauma aquático em Longe da água, de Michel Laub

Luiza Casanova Machado, Rosani Úrsula Ketzer Umbach

Resumo


Com a finalidade de cumprir o objetivo de compreender como se dá a tensão entre percurso individual na obra Longe da água (2004), do porto-alegrense Michel Laub, contra a problemática do tempo em seu percurso, a obra será pensada através de textos críticos que abordam a produção literária contemporânea brasileira e ocidental, em especial a narrativa, e que mapeiam seus principais traços e tendências. A partir disso é que será possível compreender como se dá a crise entre o eu e o tempo, transformando essa relação (sujeito–tempo) em uma relação violenta e traumática.


Palavras-chave


Literatura Brasileira Contemporânea; Narrativa. Michel Laub; Herói; Percurso Existencial.

Texto completo:

PDF HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 luiza casanova machado, Rosani Úrsula Ketzer Umbach

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.