O esteio desejoso do ensaio

Autores

  • Edmon Neto de Oliveira Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES-JF)

Palavras-chave:

Ensaio, Desejo, Afeto

Resumo

Este texto é uma defesa do uso do gênero ensaio em pesquisas acadêmicas de literatura e outras artes. Em primeiro lugar, faz-se uma exposição das condições de emergência desse tipo de escrita no século XVII e da sua herança nos séculos seguintes. Em segundo lugar, pensa-se o ensaio a partir da virada pós-estruturalista na segunda metade do século XX e em como tal gênero pode ser um modo de conceber, hoje, novos horizontes para os estudos literários, tendo em vista a possibilidade de escritas ao mesmo tempo inventivas e cientificamente rigorosas. Assim, a discussão é legitimada por meio do apelo a pensadores como Espinosa, Nietzsche, Foucault, Barthes, Deleuze e Agamben. 

Biografia do Autor

Edmon Neto de Oliveira, Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES-JF)

Professor do Programa de Mestrado em Literatura Brasileira no Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES-JF)

Downloads

Publicado

2019-10-31

Edição

Seção

Artigos