Pensando o Ensino de Literaturas de Língua Espanhola na Educação Superior

Autores

Resumo

O ensino de literaturas em línguas estrangeiras é um domínio de pesquisa relativamente recente e, pode-se até mesmo dizer que se trata de uma área embrionária no Brasil. Nestas reflexões, partimos da constatação que as licenciaturas em Letras Estrangeiras não se ocupam, efetivamente, do ensino de literaturas estrangeiras, devido a uma trajetória historicista e teórica das disciplinas de literatura ofertadas na educação superior. Esses dados são constatados a partir de uma investigação realizada com estudantes de três universidades públicas do Nordeste brasileiro.

Biografia do Autor

José Veranildo Lopes da Costa Junior, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Professor Adjunto do Departamento de Letras Estrangeiras da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Doutor em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Atualmente, cumpre estágio Pós-doutoral no Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). 

Josilene Pinheiro-Mariz, Universidade Federal de Campina Grande

Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Doutora em Letras (Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade de São Paulo e Pós-Doutorado pela Universidade Paris 8 -Vincennes-Saint Denis, França. 

Downloads

Publicado

2020-11-02