O canto das sereias: da escuta à travessia poética

Manuel Antônio de Castro

Resumo


A palavra cantada e o cotidiano. A música na sociedade de consumo e o novo. O
descartável e a banalização. O sistema e a estética. O vigor da obra poética. A música, o
Logos e a Escuta. A Odisséia e o canto das sereias. O mito e o  rito. As múltiplas
interpretações. A Escuta de Ulisses e a travessia poética.  O limiar como limite do ilimitado.
O mar como caminho de todos os caminhos. A medida da Escuta de Ulisses: a sabedoria.

Palavras-chave


canto, mito, poética.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Manuel Antônio de Castro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.