Para ler o mundo nas páginas da terra: uma leitura socioambiental de "Terra Sonâmbula", de Mia Couto

José Welton Ferreira dos Santos Junior, Rejane Vecchia da Rocha e Silva

Resumo


Este artigo pretende investigar a produção ficcional de Mia Couto em diálogo com sua produção não-ficcional, mapeando possíveis relações entre literatura e meio ambiente. Para tanto, a   partir  de  uma  perspectiva  comparada  e interdisciplinar,    o romance Terra Sonâmbula (1992) e alguns textos não-ficcionais presentes na coletânea E se Obama fosse africano?: interinvenções (2009) serão confrontados com as formulações teóricas da Ecologia Política, a fim de problematizar as perspectivas socioambientais presentes nos textos de Couto em diálogo com alguns agenciamentos políticos a partir da experiência histórica de Moçambique.

Palavras-chave


Literatura; Cultura; Meio ambiente; Moçambique.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 José Welton Ferreira Junior, Rejane Vecchia da Rocha e Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.