As marcas do sufismo no Oriente de Milton Hatoum

Valter Luciano Gonçalves Villar

Resumo


O fenômeno religioso vem se tornando cada vez mais sistemático e abundante na nossa sociedade, especialmente no tocante à religião islâmica, sempre retratada pelas corporações midiáticas, como lócus de intolerância e barbárie. Milton Hatoum tem se contraposto a esse estado discursivo, anteriormente percebido pelo crítico palestino Edward Said, ao ornar seus personagens árabes masculinos com a roupa do sufismo, corrente religiosa islâmica que preceitua a dança, a poesia e as artes, como um dos caminhos pelos quais o homem pode vislumbrar a Divindade.

Palavras-chave


Sufismo; Maronita; Árabe; Literatura Brasileira; Milton Hatoum

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Valter Luciano Gonçalves Villar

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.