NIETZSCHE E O PROBLEMA DA ARTE DA DÉCADENCE: HISTERIA E TEATRALIDADE

Isadora Petry

Resumo


O artigo discute o conceito de décadence na filosofia de Friedrich Nietzsche, buscando compreendê-lo a partir das análises fisiológicas que o filósofo realizada arte da décadence, situando Wagner como o décadent da modernidade devido ao seu histrionismo e ao "excesso na teatralidade". Para proceder a tal análise, o artigo centra-se, principalmente, em O Caso Wagner (1888) e determinados Fragmentos Póstumos do período de 1883 à 1889. Como cruzamento à abordagem da arte da décadence, consideramos as leituras que Nietzsche realiza do francês Paul Bourget, especificamente dos Essais de Pshychologie Contemporaine (1883), no qual Bourget situa a décadence como um problema de desagregação da parte em relação ao todo.

Palavras-chave


décadence, arte da décadence, fisiologia, Richard Wagner

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Isadora Petry