DO "CONHECE-TE A TI MESMO" AO "TORNA-TE QUEM TU ÉS": NIETZSCHE CONTRA SÓCRATES EM ECCE HOMO

Luciano Gomes Brazil

Resumo


A partir de uma passagem interessante da autobiografia do filósofo, trabalharemos dois imperativos gregos, o “Conhece-te a ti mesmo”, do oráculo de Delfos, e o “Torna-te o que tu és”, do poeta Píndaro. Ambas quando trabalhadas a partir da língua grega mostram-se ipsis verbis, e abordam um aspecto muito caro do pensamento de Nietzsche, pois tratam do movimento, do vir a ser. Essa abordagem é tratada tendo em vista a rivalidade de Nietzsche com a figura de Sócrates, prefigurado nas entrelinhas da passagem destacada. Sem prejuízos, a rivalidade é esmiuçada para intensificar as questões que já aparecem no filósofo ateniense, e desenvolver, por assim dizer, o pensamento de Nietzsche com relação ao tem po, que parece ser, em todo caso, uma compreensão de destino.

Palavras-chave


Nietzsche, vir a ser, trágico

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Luciano Gomes Brazil