O RESSENTIMENTO COMO OBSTÁCULO MORAL À EXPERIMENTAÇÃO DO LIMITE DE SI EM NIETZSCHE

Luiza Regattieri

Resumo


Resumo: Este artigo buscará interrogar sobre o que constitui o poder do ressentimento, no que diz respeito ao afeto, enquanto perspectiva interpretadora e avaliadora das forças constitutivas da vida. Nesse sentido, será trabalhada a doutrina da vontade de poder e como ela se relaciona com o ressentimento. Será pensado, assim, como o ressentimento age e gera valores criando reativamente uma moral, chamada por Nietzsche em Genealogia da Moral de moral escrava. A partir disso, tentar-se-á entender como a produção dessa moral, ligada ao espírito de vingança, provoca um obstáculo à experimentação do limite de si. Palavras-chave: Nietzsche; ressentimento; limite de si; moral; espírito de vingança.

Palavras-chave


Nietzsche; ressentimento; limite de si; moral; espírito de vingança

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Luiza Regattieri