A importância da esfera familiar na eticidade democrática na concepção teórico crítica de Axel Honneth

Josilene Schimiti, Charles Feldhaus

Resumo


O estudo pretende investigar a construção da eticidade democrática no contexto das estruturas das relações intersubjetivas familiares no pensamento de Axel Honneth. O tema terá como foco as obras O Direito da Liberdade (2015) e Luta por reconhecimento (2003). Honneth reconstrói as transformações da organização familiar e considera o mecanismo afetivo do amor como uma categoria do reconhecimento recíproco. Essas considerações de Honneth são fortemente inspiradas na teoria psicológica de Winnicott a respeito do desenvolvimento psicológico no interior da família. No que diz respeito à eticidade democrática, isso implica uma realização dos valores como respeito, solidariedade e cooperação dentro da esfera de vinculação e interação de vida social familiar. Esta relação torna-se constitutiva para a formação dos valores para a reprodução político-moral de sociedades democráticas. Portanto, como é possível promover eticidade democrática no ambiente familiar? O conceito de família é expandido por Honneth numa dimensão do ethos social, em que os padrões mantedores do vínculo familiar devem ser orientados e compreendidos dentro de contextos históricos mutáveis. É importante ressaltar que Winnicott ocupa um papel importante no pensamento de Axel Honneth e esse estudo pretende enfatizar esse aspecto quando oportuno.

Palavras-chave


Teoria Crítica; Reconhecimento; Família; Winnicott; Liberdade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Josilene Schimiti, Charles Feldhaus