Da impossibilidade de uma relação de self-ownership O dualismo ontológico na ilusão da auto-propriedade

Diego R. Mileli

Resumo


O conceito de self-ownership é frequentemente utilizado nos campos da Ética e da Filosofia Política para justificar ou negar a justeza de determinadas situações, atos ou práticas. As críticas a tal conceito são predominantemente focadas em seus corolários. No presente artigo a análise se concentra sobra as condições de possibilidade da existência de uma relação de propriedade de si mesmo – auto-propriedade – procurando-se demonstrar a impossibilidade de tal relação pela ausência de multiplicidade de elementos que possam constituir um proprietário e uma propriedade. A propriedade de si mesmo é fundada em um dualismo ontológico, cuja ilusão procura se respaldar na percepção de si como um outro na constituição da identidade e na confusão da relação genitiva com uma relação de propriedade.

Palavras-chave


Identidade, Ipseidade, Corpo, Mente

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Diego R. Mileli