O PENSAMENTO TRÁGICO DE CLÉMENT ROSSET

Rogério de Almeida

Resumo


O objetivo deste artigo é realizar uma síntese da filosofia de Clément Rosset, a partir da discussão teórico-conceitual de suas principais obras, com especial atenção aos livros publicados na década de 1970, nos quais se desenvolvem o pensamento trágico, a ontologia do real e a ontologia negativa do duplo. O trágico é conceituado com as ideias de nada, acaso e convenção, enquanto o real é investigado a partir de sua relação com o duplo, a ilusão e o imaginário. O artigo conclui-se com o balanço de sua trajetória filosófica e indicações de trabalhos publicados sobre Rosset no exterior e no Brasil, com o intuito de fornecer ao leitor e pesquisador um mapa introdutório para a filosofia da aprovação.

Palavras-chave


Clément Rosset, filosofia trágica, real, duplo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Rogério de Almeida