Metafísica e exterioridade: Jean Wahl e o gosto empirista de Deleuze

Bernardo dos Santos

Resumo


Trata-se de propor paralelos entre Deleuze e Jean Wahl, para demonstrar que há entre os dois uma profunda afinidade de estilo ou gosto filosófico, graças à qual o pensamento do segundo oferece uma profícua via de acesso ao do primeiro. Tais paralelos giram em torno dos temas do empirismo superior como metafísica, da ligação entre empirismo e pluralismo e da filosofia do e. Para propô-los, nomes de aliados comuns de Wahl e Deleuze, como Bergson, William James e Whitehead também serão evocados. Ao final, será possível notar como a decisiva afinidade com Wahl afasta Deleuze e seu empirismo transcendental da chave crítica kantiana à qual ele frequentemente é associado.

Palavras-chave


Deleuze, Jean Wahl, empirismo transcendental, metafísica, filosofia do E.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Bernardo dos Santos