Trabalho de Campo na (Re)construção da Pesquisa Geográfica: Reflexões Sobre um Tradicional Instrumento de Investigação

Gisela A Pires do Rio

Resumo


O presente artigo apresenta reflexões sobre o trabalho de campo na construção/desconstrução/reconstrução de objetos de investigações geográficas, a partir da experiência de seminário-disciplina em nível de doutorado. Argumenta-se que um dos principais problemas dos geógrafos em formação é o caráter pouco reflexivo na construção ou reconstrução do objeto de pesquisa e que esta característica tem reflexos na ausência de considerações sobre o trabalho de campo, antes e durante a realização da pesquisa, no estímulo à desconstrução/reconstrução de objetos de investigações geográficas que incluam a necessária discussão sobre as tensões internas à própria disciplina.

Palavras-chave


trabalho de Campo-Geografia; pesquisa geográfica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36403/espacoaberto.2011.2031

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 Gisela A Pires do Rio

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 2237-3071