Dinámicas de Desigualdad y Disputa Territorial de Escala en los Nodos Fronterizos del Espacio Económico Sur Andino: Estudio de Caso de las Ferias de Comercio Popular en la Ciudad de Tacna (Perú) / Dynamics of Inequality and Territorial Dispute of Scale in the Border Nodes of the Southern Andean Economic Area: a Case Study of Street Markets in the City of Tacna (Peru)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36403/espacoaberto.2020.31986

Palavras-chave:

Comércio Popular, Sul dos Andes, Fronteiras, Desigualdade

Resumo

Este material tem como objetivo demonstrar a dinâmica da desigualdade produzida pela disputa territorial de escala em torno dos nós fronteiriços no espaço econômico do sul dos Andes. Entre os vários nós comerciais que o sul andino apresenta, consideramos o estudo de uma feira popular na cidade de Tacna (Peru) como um estudo de caso para apontar a dinâmica da desigualdade produzida pela disputa territorial entre a escala global e a escala local. Dessa forma, por meio de uma estratégia metodológica quantitativa, apontaremos a desigualdade produzida em torno de três categorias principais: dinâmica de criação de valor, dinâmica de sindicalização e dinâmica de criminalização.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ricardo Jiménez Palacios, Universidad Privada de Tacna

Filósofo por la Universidad Nacional Mayor de San Marcos (Perú), maestro en Integração Contemporânea da América Latina por la Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Brasil). Docente e investigador en la Universidad Privada de Tacna (Perú).

Publicado

2020-05-21

Como Citar

PALACIOS, Ricardo Jiménez. Dinámicas de Desigualdad y Disputa Territorial de Escala en los Nodos Fronterizos del Espacio Económico Sur Andino: Estudio de Caso de las Ferias de Comercio Popular en la Ciudad de Tacna (Perú) / Dynamics of Inequality and Territorial Dispute of Scale in the Border Nodes of the Southern Andean Economic Area: a Case Study of Street Markets in the City of Tacna (Peru). Espaço Aberto, Rio de Janeiro, Brasil, v. 10, n. 1, p. 157–180, 2020. DOI: 10.36403/espacoaberto.2020.31986. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/EspacoAberto/article/view/31986. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Fazer a fronteira - dinâmicas sócio espaciais em áreas de fronteiras internacionais