A alma como forma do conhecimento no diálogo Teeteto de Platão

Francisco José Dias de Moraes

Resumo


O diálogo Teeteto coloca em questão a natureza do conhecimento.  Sensação, opinião verdadeira, opinião verdadeira acompanhada de lógos são as aparências resultantes do percurso de investigação aberto pelo diálogo. Não há contradição entre aparência e verdade. Queremos sustentar, ao contrário, que a aparência se evidencia ao longo do diálogo como o espaço de jogo apropriado e incontornável para a decisão sobre a essência do conhecimento.

Palavras chave: aparência, verdade, alma.

 

Abstract

The Theaetetus dialogue puts into question the nature of knowledge. Sensation, true opinion, true opinion accompanied of logos are appearances arising from the course of investigation open by dialogue. There is no contradiction between appearance and truth. We want to sustain, on the contrary, that appearance shows itself throughout the dialogue as the appropriate and unavoidable game space to the decision on the essence of knowledge.

Keywords: appearance, truth, soul.

Palavras-chave


aparência; verdade; alma

Texto completo:

PDF

Referências


BRAGUE, Rémi. Aristote et la question du monde. Paris: Les Éditions du Cerf, 2009.

CASERTANO, Giovanni. Paradigmas da verdade em Platão. Trad. Maria da Graça Gomes de Pina. São Paulo: Loyola, 2010.

PLATÃO. Teeteto. Trad. Adriana Manuela Nogueira e Marcelo Boeri. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2010.

SNELL, Bruno. A cultura grega e as origens do pensamento europeu. Trad. Pérola de Carvalho. São Paulo: Ed. Perspectiva, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Anais de Filosofia Clássica

Creative Commons License esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.