A compreensão da existência como condição pré-significativa diante da significação analítica da existência a partir da crítica de Søren Aabye Kierkegaard

Claudinei Reis Pereira

Resumo


Este trabalho aborda a categoria da existência em Søren Kierkegaard.
Objetiva-se apresentar um contraponto entre a análise crítico-reflexiva kierkegaardiana e a compreensão especulativo-abstrata da existência, ou seja, sob uma ótica objetivante, analítico-lógico-linguística da existência. Explica-se como o indivíduo fora reduzido à especulação, a teorias, a sistemas linguísticos que, no fundo, nada dizem a respeito da existência. Por outro lado, detemo-nos na reflexão kierkegaardiana do valor do sujeito existente, pensado a partir do olhar sobre a condição, necessariamente, pré-significativa, pré-sistemática do indivíduo.

 

Referências bibliográficas


ADORNO, Theodor W. Kierkegaard: construção do estético.
Tradução Alvaro L. M. Valls. São Paulo: Unesp, 2010.

ABBAGNANO, Nicola. Introdução ao existencialismo. São Paulo:
Martins Fontes, 2006.

DARWALL, Stephen; GIBBARD, Allan; RAILTON, Peter. The
philosophical Review, Vol. 101. No. 1. (January 1992).

DIP, Patricia Carina. A Atualidade de Søren Kierkegaard.
In:________. A filosofia de Kierkegaard como aporte ético à
alteridade. IHU on-line, São Leopoldo, v. 9, n. 314, p. 7-9.

AMEIRA, Jorge Miranda de; VALLS, Alvaro L. M. Kierkegaard.
Rio de Janeiro: Zahar, 2007. (Coleção passo-a-passo)

HELFERICH, Christoph. História da Filosofia. São Paulo: Martins
Fontes, 2006.

FATONE, Vicente. Introducción al existencialismo, 6a ed. Buenos
Aires: Columba, 1973.

FARAGO, France. Compreender Kierkegaard. Tradução de
Ephraim F. Alves. Petrópolis: Vozes, 2006

FRANCO, Garelli. Surge uma dúvida: ainda sei duvidar?
Disponível em: <http://www.Ihu.unisinos.br/nóticias/506721-surgeuma-
duvida-sei-duvidar>. Acesso em: 20 de fevereiro de 2012.

FEIJOO. Ana Maria Lopez Calvo de. et al. O pensamento de
Kierkegaard e a clínica psicológica. Rio de Janeiro: IFEN, 2013.

REYNOLDS, Jack. Existencialismo, 2a ed. Tradução de Caesar
Souza. Petrópolis: Vozes, 2014. (Série Pensamento Humano)

SOLOMON, Robert C. O prazer da filosofia: entre a razão e paixão.
Trad. Maria Beatriz de Medicina. Rio de Janeiro: Record, 2011.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. Pós-escrito conclusivo não
científico às migalhas filosóficas: coletânea mímico-patéticodialética,
contribuição existencial, por Johannes Climacus. Vol I.
Tradução de Álvaro Luiz Montenegro e Marília Murta de Almeida.
Petrópolis: Vozes, 2013.

_____. O conceito de angústia. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.
(Pensamento Humano).

_____. O desespero humano. São Paulo: Abril Cultura, 1979.
(Coleção os Pensadores)

_____. Migalhas filosóficas: ou um bocadinho de filosofia de João
Clímacus, 3a ed. Trad. Ernani Reichmann e Álvaro Valls. Rio de
Janeiro: Vozes, 2011.

VALLS, Alvaro Luiz Montenegro. Kierkegaard, cá entre nós. São
Paulo: LiberArs, 2012.

 


Palavras-chave


ANALÍTICA; LÓGICA; EXISTÊNCIA; INDIVÍDUO; LIBERDADE.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Ítaca - Periódico acadêmico administrado e editado por discentes de pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal do Rio de Janeiro

ISSN (1519-9002 | 1679-6799) 

 

Última atualização: Agosto/2019

Last update: Agust/2019