O sofrimento silencioso: solidão interior incomunicável

Marcos da Silva e Silva

Resumo


Esse texto pretende desenvolve o sofrimento silencioso em uma leitura kierkegaardiana, especificamente em sua obra Doença para morte e de maneira menos restrita em outras publicações desse pensador. Buscaremos abordar de que maneira este sofrimento torna-se incomunicável na interioridade do existencial. Entendemos neste filósofo que a busca do conhecer, nos põe no labirinto espelhado do conhecer-se sem perder-se em um silêncio existencial do eu querer ser si mesmo. Procurar-se é angustiarse, conhecer-se é desesperar-se frente ao sofrer.


Palavras-chave


SOFRIMENTO; SILÊNCIO; EXISTÊNCIA

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Ítaca - Periódico acadêmico administrado e editado por discentes de pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal do Rio de Janeiro

ISSN (1519-9002 | 1679-6799) 

 

Última atualização: Agosto/2019

Last update: Agust/2019