Kant e a dedução da lei moral

Daniel Leite Cabrera Pereira da Rosa

Resumo


Resumo: As duas obras máximas de Kant sobre ética, a Fundamentação da Metafísica dos Costumes e a Crítica da Razão Prática, parecem apresentar uma mesma visão acerca dos problemas da teoria da ação, mas discordam em alguns dos aspectos principais no que diz respeito à fundamentação da moralidade. O ponto central de divergência tem origem na introdução da famosa tese de que a moralidade é um fato da razão.

Palavras-chave: Liberdade; moralidade; autonomia; lei moral.

Abstract: Kant's main works on ethics, the Groundwork of the Metaphysics of Morals and the Critique of Practical Reason, seem to present the same vision concerning problems of rational agency, but disagree about some basic features of the foundations of morality. The main point of dissension takes place in the introduction of the second Critique's thesis according to which morality is a fact of reason.

Keywords: Freedom; morality; autonomy; moral law.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Ítaca - Periódico acadêmico administrado e editado por discentes de pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal do Rio de Janeiro

ISSN (1519-9002 | 1679-6799) 

 

Última atualização: Agosto/2019

Last update: Agust/2019