ALTERAÇÕES MORFOFUNCIONAIS DETERMINADAS PELO TREINAMENTO DE BODY PUMP EM MULHERES JOVENS

Luiz Guilherme Antonacci Guglielmo, Homero Gustavo Ferrari, Juliano Fernandes da Silva, Diego Augusto Santos Silva

Resumo


Este estudo investigou os efeitos de 10 semanas de treinamento de Body Pump na composição corporal, na flexibilidade, na resistência muscular localizada (RML) e no limiar anaeróbio (LAn) de sete mulheres jovens (19,14 À 0,37 anos), que realizaram os seguintes protocolos: 1) teste de RML: maior número de repetições até a exaustão voluntária no supino reto, leg-press e abdominal; 2) protocolo de avaliação antropométrica; 3) teste de flexibilidade e 4) teste incremental na bicicleta ergométrica para determinação do LAn. Os dados foram analisados por meio do teste de Wilcoxon, com p<0,05. Foi encontrada diminuição significativa na gordura corporal e aumento na massa corporal magra. Além disso, foi encontrado aumento significante na carga e na freqüência cardíaca correspondente ao LAn. A resistência de força obtida nos testes foi significativamente maior após o programa de treinamento. Foram encontrados aumentos significativos nos perímetros dos braços e antebraços (direitos e esquerdos). Pode-se concluir que o treinamento foi eficiente para o aprimoramento da capacidade aeróbia. Além disso, os aumentos na resistência de força e no perímetro dos braços indicam que as aulas de Body Pump podem determinar adaptações neuromusculares após curtos períodos de treinamento em mulheres jovens.

Palavras-chave: treinamento; composição corporal; resistência muscular; limiar anaeróbio.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556. Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.