PREDIÇÃO E VALIDAÇÃO DA GORDURA CORPORAL RELATIVA BASEADA EM CARACTERÍSTICAS ANTROPOMÉTRICAS DE ADULTOS FREQUENTADORES DE ACADEMIA DE GINÁSTICA

Wollner Materko, Edil Luis Santos

Resumo


O objetivo do presente estudo foi desenvolver e validar um modelo de predição da gordura corporal relativa baseada nas características antropométricas de homens e mulheres. Participou deste estudo uma amostra de 400 adultos, dividida aleatoriamente em dois grupos: grupo de estimação e grupo de validação. Todos os voluntários passaram por uma avaliação antropométrica a partir da qual a gordura corporal relativa foi modelada em função das variáveis antropométricas por regressão linear múltipla utilizando como medida de referência à análise por impedância bioelétrica. A confiabilidade dos modelos foi estudada por da análise de Bland e Altman e por validação cruzada. Utilizou-se a = 0,05. No sexo feminino, o modelo resultou em r2=0,82, mas no sexo masculino, a capacidade preditiva do modelo foi mais fraca, resultando em r2=0,71. Por outro lado, ao se buscar um modelo único para ambos os sexos, os resultados apontaram para uma adequada capacidade preditiva, similar ao sexo feminino, resultando em r2 =0,83, que por sua vez, conta com a vantagem de ser único e independente do gênero. Os modelos obtidos aqui mostraram adequada confiabilidade e validade, podendo ser considerados como ferramentas para predição da gordura corporal relativa.


Palavras-chave


Composição corporal, Antropometrica, Percentual de gordura corporal, Bioimpedância elétrica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556. Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.