Jogos Reduzidos no Handebol: a influência do espaço de jogo na prática motora

Filipe Manuel Clemente, Rúben Rocha

Resumo


O presente trabalho objetiva analisar a influência de dois espaços diferentes de jogo em três subfases de andebol, verificando as repercussões nos conteúdos técnicos concretizados. Participaram no estudo oito alunos do género masculino (18,25 À 1,04 anos de idade). Os resultados indicam a diferenciação estatística no caso do drible (t(4) = - 4,070; p-value = 0,015) sendo que, nos indicadores remanescentes, não se evidenciaram diferenças estatisticamente significativas. Apesar do exposto, demonstrou-se que os constrangimentos espaciais poderão repercutir-se em alterações dos padrões de concretização técnica dos alunos, revelando-se como um fator a considerar no momento de definição dos jogos reduzidos.

Palavras-chave


Ensino da Educação Física; handebol; constrangimentos da tarefa; perceção subjetiva de esforço

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556. Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.