O PROCESSO DE ESPORTIVIZAÇÃO DA CAPOEIRA NO CENÁRIO CONTEMPORÂNEO

Kalyla Maroun

Resumo


Este trabalho objetiva descrever o processo de esportivização da capoeira na atualidade. Para tanto, aliamos pesquisa historiográfica sobre os processos de ressignificação de tal prática corporal com etnografia de um evento competitivo de capoeira, na cidade de Juiz de Fora (MG). Além disso, entrevistamos dois capoeiristas que participaram do evento sistematizando, a partir da coleta de dados, às seguintes categorias analíticas: “visibilidade e profissionalização”, onde é destacada a visibilidade que o capoeirista pode adquirir participando de competições, e a possibilidade de profissionalização; “capoeirista atleta”, que traz elementos descritivos sobre preparação física e técnica que antecedem as competições; “a competição na trajetória e na formação do capoeirista”, em que percebemos o papel das competições na aquisição de status, visibilidade e motivação para o treinamento. Logo, o processo de esportivização da capoeira na atualidade ocorre em função da consolidação de sua faceta esportiva, de sua legitimação como esporte e do aumento do número de competições, que acaba contribuindo para a divulgação da modalidade, incitando, também, uma profissionalização desse meio. As reflexões levantadas aqui não refletem o processo de esportivização da capoeira em sua plenitude, no entanto, levantam questões fundamentalmente importantes para a análise desse processo.


Palavras-chave


Capoeira; Esportivização; Competições

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1809-9556. Todos os direitos reservados a revista ARQUIVOS em MOVIMENTO e a seus Autores.