Moralidade, dádiva e sociação: Uma análise a partir dos grupos de ajuda mútua Alcoólicos Anônimos

Eduardo Tadeu Brunello

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar a produção de um senso de moralidade a partir dos discursos circulantes nos grupos de Alcoólicos Anônimos (AA), mas, concomitantemente, explorar as possibilidades de agência dos atores por meio das “sociações” (SIMMEL, 2006) emergentes destas plataformas terapêuticas. Para tanto, utilizo como hipótese a ideia de que esse senso de moralidade é construído por meio de atividades externas e coercitivas (acerca dos discursos sobre a doença) para, em um segundo momento, desconstruí-lo no plano das interações face a face da dádiva e das sociações.


Palavras-chave


sociações, moralidade, alcoolismo, dádiva, Alcoólicos Anônimos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Ao submeter um texto, o(s) autor(es) declara(m) aceitar todos os termos e condições da revista e cede(m) a ela os direitos de publicação impressa e digital. Os direitos autorais dos artigos publicados são do autor, porém com direitos da DILEMAS - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social sobre a primeira publicação.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

               

APOIO: