Sobre a gramática moral do crime: A mobilização de justificativas e acusações em homicídios na Zona Leste de Belo Horizonte

Rafael Rocha

Resumo


O artigo visa examinar os discursos e elementos simbólicos mobilizados por atores inseridos no “mundo do crime” para justificar ou condenar assassinatos na Zona Leste de Belo Horizonte, área periférica da cidade. A pesquisa, baseada na análise de inquéritos policiais e entrevistas, se concentrou em investigar o modo como esses atores fazem uso de uma gramática moral como forma de justificação da legitimidade de assassinatos ou os considerar injustos, o que configura ofensa a ser reparada por meio de retaliações violentas.


Palavras-chave


homicídios, guerra, moral, retaliação, Belo Horizonte

Texto completo:

PDF XML


DOI: https://doi.org/10.17648/dilemas.v13n3.23152

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Ao submeter um texto, o(s) autor(es) declara(m) aceitar todos os termos e condições da revista e cede(m) a ela os direitos de publicação impressa e digital. Os direitos autorais dos artigos publicados são do autor, porém com direitos da DILEMAS - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social sobre a primeira publicação.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

               

APOIO: