O ato infracional como expressão da vulnerabilidade social no atendimento da justiça restaurativa

Glaucia Mayara Niedermeyer Orth, Jussara Ayres Bourguignon

Resumo


Este artigo investiga a justiça restaurativa no atendimento ao adolescente autor de ato infracional em contexto de vulnerabilidade social. Realizamos entrevistas semiestruturadas com adolescentes, familiares, facilitadores e membros da rede de proteção social de quatro cidades do Brasil: Caxias do Sul-RS, Ponta Grossa-PR, Belém-PA e Santarém-PA. Os depoimentos dos participantes foram correlacionados com dados quantitativos secundários disponíveis em bases de dados. Concluímos que o enfrentamento das condições de vulnerabilidade social por meio da articulação intersetorial é uma necessidade no atendimento da justiça juvenil restaurativa.


Palavras-chave


ato infracional, vulnerabilidade social, justiça restaurativa, intersetorialidade, socioeducação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4322/dilemas.v14n3.32544

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

             

APOIO: